23 SET 2020 | ATUALIZADO 23:58
SAÚDE
Da redação
28/07/2015 07:23
Atualizado
13/12/2018 17:18

Arena das Dunas recebe o nome de Marinho Chagas

A+   A-  
O Governador Robinson Faria sancionou nesta segunda (27) lei rebatizando o nome do estádio
Imagem 1 -   Arena das Dunas recebe o nome de Marinho Chagas
Canindé Soares

O Governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, sancionou nesta segunda-feira (27), uma lei que rebatiza a Arena das Dunas, palco da Copa do Mundo 2014, em Nata, para Arena das Dunas "Marinho Chagas". A mudança faz homenagem ao ex-jogador de futebol do RN.

O estádio foi inaugurado em janeiro de 2014, com um rodada entre América e Confiança, pela Copa do Nordeste, e ABC e Alecrim, pelo Campeonato Potiguar.

Na Copa do Mundo, em junho, o estádio recebeu quatro jogos. México e Camarões, Gana e Estados Unidos, Japão e Grécia e Itália e Uruguai.

Em nota, o governador Robinson Faria, lembrou que a homenagem "faz justiça ao maior jogador que o RN já conheceu. Marinho Chagas defendeu não só os clubes, mas fez questão de representar em alto nível o nome do nosso estado pelo mundo".

Francisco das Chagas Marinho morreu em João Pessoa, no dia 1º de junho de 2014, aos 62 anos. O ex-jogador começou a carreira no Riachuelo. Depois, foi contratado pelo ABC e conquistou o título estadual em 1970.

A partir dali, fez carreira por vários clubes brasileiros, como Náutico, Botafogo e Fluminense. Em 1974, vestiu a camisa da seleção brasileira e foi eleito o melhor lateral-esquerdo da Copa do Mundo. Fora do país, jogou na equipe americana do New York Cosmos, ao lado de outros craques como Pelé, Beckenbauer e Carlos Alberto.

Após encerrar a carreira, em 1988, enfrentou problemas com o álcool e acabou internado algumas vezes, por complicações médicas. Empolgado com a realização da Copa do Mundo em Natal, buscou reabilitação para acompanhar de perto aos jogos na capital potiguar. Morreu poucos dias antes do início do Mundial no Brasil.

Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário