17 FEV 2019 | ATUALIZADO 11:05
MOSSORÓ

Réu é condenado a 4 anos e 8 meses de prisão por tentar matar desafeto

O julgamento aconteceu nesta terça-feira (18), no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins; Em depoimento (VEJA), Emanuel Elias Dantas disse que tentou matar seu desafeto por que o mesmo teria envolvimento na morte do seu pai
Da redação
18/09/2018 12:04
Atualizado
13/12/2018 20:26
A+   A-  
Réu é condenado a 4 anos e 8 meses de prisão por tentar matar desafeto
Reprodução/TV Terra do Sal
O Tribunal do Júri Popular condenou nesta terça-feira (18), o réu Emanuel Elias Dantas de Sousa, a 4 anos e 8 meses de prisão no regime semiaberto pelo crime de tentativa de homicídio simples, praticado em fevereiro deste ano no Mercado do Vuco-Vuco, em Mossoró.

O julgamento aconteceu hoje no Fórum Desembargador Silveira Martins.

Após explanações do promotor de justiça Armando Lúcio Ribeiro e do defensor público Diego Melo da Fonseca, o Conselho de Sentença se reuniu e acatou a tese do Ministério Público Estadual. O julgamento foi presidido pelo juiz Vagnos Kelly de Medeiros Figueiredo.

Assista o depoimento do réu


Emanuel foi condenado por tentar matar a tiros Francisco Cleilton de Melo Arruda, de 24 anos, na manhã do dia 20 de fevereiro deste ano. O réu, na época, foi preso em flagrante por um policial militar à paisana. Durante a sessão, o réu afirmou que tentou matar Francisco Cleiton para se vingar porque o mesmo teria envolvimento no assassinato do seu pai e disse que sofria ameaças.

Cleiton sobreviveu ao ataque a tiros e foi assassinado em agosto deste ano no bairro Dom Jaime Câmara, no Grande Alto de São Manoel.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário