17 FEV 2019 | ATUALIZADO 11:05
MOSSORÓ

Peixeiro é condenado a 6 anos de prisão no semiaberto por esfaquear garota de programa em 2012

Francisco Rodrigues Neto foi condenado por tentativa de homicídio por motivo fútil; Segundo o processo, ele e a vítima discutiram devido ao pagamento de um "programa"
Da redação
08/10/2018 15:06
Atualizado
13/12/2018 12:44
A+   A-  
Peixeiro é condenado a 6 anos de prisão no semiaberto por esfaquear garota de programa em 2012
Reprodução/TV Terra do Sal
O Tribunal do Júri Popular condenou o peixeiro Francisco Rodrigues Neto, conhecido como "Galego do peixe", a 6 anos de prisão no regime semiaberto por tentativa de homicídio qualificada por motivo fútil. O júri aconteceu nesta segunda-feira (08), no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró.

De acordo com o processo judicial, Francisco Rodrigues tentou matar com três facadas Luzia Elizângela Silva , no dia 10 de novembro de 2012, no Bar da Cíntia, localizado na Avenida Presidente Dutra, no bairro Alto de São Manoel.

Ainda segundo o relato, o acusado e a vítima estavam dentro do bar quando passaram a discutir sobre a forma de pagamento de um "programa". Como não chegaram a um acordo sobre a dívida, ela pegou uma faca e furou o pneu da bicicleta do acusado. Por conta disso, o acusado pegou a faca e desferiu três facadas na vítima, em seguida, fugiu.

Luzia Elizângela foi socorrida para o hospital e sobreviveu às facadas.

O júri foi presidido pelo juiz de Direito Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros. O Ministério Público foi representado pelo promotor Ítalo Moreira Martins e a defesa pelo advogado Evânio de Araújo.

Nesta terça-feira, 9 de outubro, será julgado José Rosivan Félix.

Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário