30 MAI 2024 | ATUALIZADO 07:44
CONCURSOS
Da redação
05/08/2015 08:36
Atualizado
11/12/2018 22:56

Fundac abre inscrições para 386 vagas para cargos no RN

A+   A-  
As inscrições começam nesta quinta (06). As vagas são destinadas a assistentes sociais, pedagogos, psicólogos, educadores, auxiliares de serviços diversos e motoristas
Imagem 1 -  Fundac abre inscrições para 386 vagas para cargos no RN
Divulgação/RN

A Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac) abre nesta quinta-feira (6) as inscrições para contratação temporária de 386 profissionais. As vagas são destinadas a assistentes sociais, pedagogos, psicólogos, educadores, auxiliares de serviços diversos e motoristas.

O processo seletivo simplificado será realizado pela Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte (Funcern). As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet através do site www.funcern.br até o dia 16 de agosto. O edital da contratação temporária foi publicado no Diário Oficial do Estado no dia 30 de julho.
 
Do total de vagas, 106 serão destinadas ao Ceduc Pitimbu, permitindo a reabertura de 36 vagas imediatas para adolescentes no sistema socioeducativo do Rio Grande do Norte.

A unidade está fechada desde 2012, mas está totalmente reformada à espera do preenchimento do quadro de funcionários. As demais vagas serão destinadas às unidades socioeducativas de Natal, Caicó e Mossoró.
 
A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o candidato deve escolher o município onde pretende atuar ainda no ato da inscrição. As taxas variam entre R$ 35 e R$ 58 e os que têm direito a isenção devem fazer a solicitação no prazo de 06 a 08 de Agosto.

As remunerações podem chegar até R$ 1.897 (mil oitocentos e noventa e sete reais) e os candidatos de nível médio irão realizar provas objetivas no dia 30 de agosto.
 
Para o governador Robinson Faria, o processo seletivo para contratação de pessoal foi uma medida essencial para ressocialização de jovens.

“Os novos profissionais terão uma missão muito importante e de grande valor social, que é oferecer aos adolescentes em conflito com a lei uma alternativa, um apoio do estado para que possam se reintegrar rapidamente à sociedade”, declarou.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário