20 SET 2019 | ATUALIZADO 12:10
ESTADO

Prevenção de afogamento é tema de palestra para crianças em Água Nova

A palestra foi ministrada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, para cerca de 300 crianças de escolas e creches do município. A ideia do projeto é prevenir acidentes em praias, água doce e inundações.
14/03/2019 10:16
Atualizado
14/03/2019 10:18
A+   A-  
Imagem 1 -  O Projeto Kim é realizado nas escolas e tem como público-alvo alunos na faixa etária dos 5 aos 12 anos, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental,
O Projeto Kim é realizado nas escolas e tem como público-alvo alunos na faixa etária dos 5 aos 12 anos, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental,
FOTO: CEDIDA/CORPO DE BOMBEIROS

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte ministrou, nesta terça-feira (12), uma palestra para alunos de escolas e creches, no município de Água Nova, no interior do RN. A Palestra teve como tema a “Prevenção de afogamento no alto oeste potiguar”.

Estiveram presentes 270 alunos da Escola Municipal Manuel Raimundo, 30 do Centro Municipal de Educação Infantil Criança Esperança, e 30 da Creche Municipal Santa Ana. A ação faz parte do projeto KIM na Escola em parceria com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA).

O Projeto Kim é realizado nas escolas e tem como público-alvo alunos na faixa etária dos 5 aos 12 anos, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, com a linguagem sendo a mesma para todos.

A ideia do projeto é que os alunos do 4º e 5º anos façam perguntas mais elaboradas aos palestrantes, enquanto os menores devem contar histórias.

O sargento Josué e o soldado Protázio utilizam na palestra vídeos animados e ilustrações, abordando a prevenção em praias, água doce e inundações.

Após os vídeos há uma sessão interativa, lúdica, onde o instrutor escolhe cenas de prevenção e de riscos e a cada imagem escolhida vai debatendo com as crianças. As palestras duram em média 45 minutos. Ao final das palestras são distribuídas cartilhas.


Notas

Unicursos 2019

Publicidades

Unicursos em Mossoró MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário