23 ABR 2019 | ATUALIZADO 23:37
POLÍCIA

Dois homicidas, um do RN e outro Rio de Janeiro, presos em Macaíba/RN

Ao se deslocarem para a localidade denominada “Lamarão”, os policiais, que estavam num veículo sem identificação da polícia, foram abordados pelo grupo que, apontando armas para a equipe, anunciaram o assalto, tendo iniciado um confronto
DA REDAÇÃO
11/04/2019 18:37
Atualizado
11/04/2019 21:35
A+   A-  
Dois homicidas, um do RN e outro Rio de Janeiro, presos em Macaíba/RN
Polícia Civil de Macaíba deflagrou a 1ª fase da Operação Espectros, cumprindo dois mandados de prisão e, no objetivo do cumprimento de outras ordens judiciais, um grupo de criminosos entrou em confronto com os policiais, na zona rural da cidade
Polícia Civil

Nas primeiras horas desta quinta (11), a equipe da Polícia Civil de Macaíba deflagrou a 1ª fase da Operação Espectros, cumprindo dois mandados de prisão e, no objetivo do cumprimento de outras ordens judiciais, um grupo de criminosos entrou em confronto com os policiais, na zona rural da cidade.

O primeiro preso foi Wallyson Lins De Santana Medeiros, vulgo “Badela” (23 anos), suspeito do crime de homicídio, no ano de 2018, na cidade de Macaíba/RN. Já o segundo preso, Walmir Leite Chagas, era foragido do sistema prisional do Estado do Rio de Janeiro, onde foi condenado a 15 (quinze) anos de prisão pelo crime de homicídio e estava foragido desde 2010.

Enquanto a equipe se preparava para o cumprimento de novas prisões, um cemitério de veículos roubados foi encontrado pelos policiais, na zona rural, e em seguida informações foram repassadas indicando que um grupo de três criminosos, todos armados, estariam abordando, agredindo e roubando quem passava por uma estrada vicinal, num ponto já conhecido por ser indicado como local de diversos roubos de veículos na região.

Ao se deslocarem para a localidade denominada “Lamarão”, os policiais, que estavam num veículo sem identificação da polícia, foram abordados pelo grupo que, apontando armas para a equipe, anunciaram o assalto, tendo iniciado um confronto. Um suspeito, ainda não identificado, foi neutralizado e socorrido para a UPA de Macaíba, tendo os outros dois criminosos fugido do local. O veículo usado pelo grupo, um chevette branco, havia sido tomado de assalto momentos antes, além de outros objetos recuperados pela polícia. As vítimas foram localizadas pela polícia, reconhecendo seus pertentes e o suspeito, além da arma de fogo utilizada por ele e que foi apreendida pela polícia.

A operação só se mostrou exitosa, desde seu início, em razão da colaboração da população que, a todo instante, repassou preciosas informações por meio do disk-denúncia (181) e outros contatos.

O nome da operação, Espectros, faz alusão ao modo de vida que esses criminosos, com mandados de prisão em aberto, passam a adotar para não chamarem a atenção da polícia, agindo como “fantasmas” na sociedade e, com isso, não chamando a atenção para a existência das ordens de prisão contra eles.


Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário