23 JUL 2019 | ATUALIZADO 11:19
ESTADO

Deputado pede agilidade na convocação de aprovados no concurso da PM/RN

O deputado estadual Allyson Bezerra propôs o debate para resolução do tema e a Assembleia Legislativa irá se reunir para uma audiência pública, nesta quarta-feira (05), no Auditório Dep. Cortez Pereira; Debate contará com a presença de diversas autoridades.
04/06/2019 09:29
Atualizado
04/06/2019 10:06
A+   A-  
Deputado pede agilidade na convocação de aprovados no concurso da PM/RN
“Os candidatos aprovados esperam pela convocação e a população do Rio Grande do Norte precisa de respostas nas ruas, a falta de segurança é recorrente, precisamos agir”, diz Allyson
FOTO: COMUNICAÇÃO/AL-RN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizará nesta quarta-feira (05) audiência pública para debater a conclusão do concurso público da Polícia Militar, bem como a urgência da convocação dos aprovados no certame.

A audiência é uma proposição do deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade) e acontecerá a partir das 14h no Auditório Dep. Cortez Pereira.

O parlamentar explica que, diante do quadro de insegurança vivido pelo estado do Rio Grande do Norte, se faz necessária de forma urgente a convocação dos aprovados no concurso da PM.

“Os candidatos aprovados esperam pela convocação e a população do Rio Grande do Norte precisa de respostas nas ruas, a falta de segurança é recorrente, precisamos agir”, disse.

Depois de anos sem realizar concurso público para a Polícia Militar, o governo estadual lançou edital com 1.000 vagas para soldados. No entanto, o processo não foi concluído e os aprovados não foram convocados.

Foram convidados a participar da audiência o Secretário de Segurança do RN, o Secretário de Administração, o Presidente da Comissão do concurso, o Comandante-Geral da Polícia Militar, representantes do Ministério Público, Procuradoria-Geral do Estado, Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região, Associação dos Subtenentes e Sargentos, Associação dos Cabos e Soldados e representante da comissão dos aprovados no concurso.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário