07 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:18
POLÍTICA

Mineiro vai recorrer da decisão do TSE que manteve Beto no cargo

Fernando Mineiro conquistou 98.070 votos e Beto Rosado 71.092 na campanha passada. Porém, a soma dos votos da coligação de Mineiro, deu cerca de 300 mil.
06/06/2019 17:50
Atualizado
06/06/2019 18:57
A+   A-  
Imagem 1 -  Fernando Mineiro vai recorrer da decisão no TSE, que foi tomada sem debates, nesta quinta-feira, 6, mantendo Beto Rosado no cargo
Fernando Mineiro vai recorrer da decisão no TSE, que foi tomada sem debates, nesta quinta-feira, 6, mantendo Beto Rosado no cargo
FOTO: TRIBUNA DO NORTE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE decidiu por manter a decisão monocrática do ministro Jorge Musi, em Brasília (DF), validando os 8.990 votos do então candidato Kerinho, do PDT, na eleição passada, para deputado federal, no Rio Grande do Norte.

Com esta decisão, o deputado Federal Beto Rosado, do PP, comemora. Fica no cargo. Sem estes votos validados pelo TSE numa decisão sem debate, no bolo, Beto Rosado não teria conseguido votos suficientes em sua coligação para se eleger.

Ao validar os votos de Kericles Alves Ribeiro, o Kerinho, em decisão no “bolo”, sem debates, o TSE reduz as chances do Fernando Mineiro, do PT, assumir o cargo de deputado federal, apesar de ter conseguido quase 100 mil votos (98.070) e Beto cerca de 70 mil (71.092 ) na campanha passada.

Ao MOSSORÓ HOJE, Fernando Mineiro (PT) informou que vai recorrer da decisão.



Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário