14 OUT 2019 | ATUALIZADO 12:12
ESTADO

Tripulantes de barco que naufragou a caminho de Noronha chegam a Natal

O barco de cargas Navegantes afundou naufragou na quarta-feira (12). Nove tripulantes foram resgatados pela Marinha do Brasil. Um homem continua desaparecido. Os homens resgatados passaram por exames e ficaram sob observação da equipe do Hospital da Marinha, em Natal.
COM INFORMAÇÕES DO G1
14/06/2019 16:09
Atualizado
14/06/2019 16:09
A+   A-  
Imagem 1 -  "O barco virou de banda (de lado). Foi muita chuva, muito vento, mau tempo, né? A gente agradece a Deus por mais uma oportunidade. É uma nova vida para a gente", contou o comandante da embarcação, Paulo Penha de Moura.
"O barco virou de banda (de lado). Foi muita chuva, muito vento, mau tempo, né? A gente agradece a Deus por mais uma oportunidade. É uma nova vida para a gente", contou o comandante da embarcação, Paulo Penha de Moura.
FOTO: PEDRO VITORINO

Na manhã desta sexta-feira (14) nove tripulantes do barco de cargas Navegantes, que naufragou a caminho de Fernando de Noronha, na quarta-feira (12), chegaram a Natal.

O barco saiu de Recife na quarta-feira e tinha previsão de chegada em Noronha nesta sexta, porém ele naufragou ainda na noite de saída. Eles foram resgatados pela Marinha Marinha do Brasil. Um homem segue desaparecido.

Por meio de nota, a Marinha do Brasil afirmou que a embarcação naufragou a uma distância de 80 milhas náuticas, o equivalente a 148 quilômetros, de João Pessoa.

Ainda no texto, a corporação informou que o navio-patrulha Guaíba resgatou nove náufragos da embarcação de carga e que o navio-patrulha Macau faz buscas para tentar encontrar o tripulante desaparecido.

De acordo com os homens socorridos, o naufrágio aconteceu por causa do mau tempo. Os ventos e ondas fizeram a água invadir a embarcação, que não resistiu às intempéries e virou. Os tripulantes pularam do barco e passaram cerca de 13 horas esperando o socorro da Marinha, sob uma espécie jangada.

Ainda de acordo com eles, o colega que segue desaparecido pulou para o outro lado da embarcação e não foi mais visto.

"O barco virou de banda (de lado). Foi muita chuva, muito vento, mau tempo, né? A gente agradece a Deus por mais uma oportunidade. É uma nova vida para a gente", contou o comandante da embarcação, Paulo Penha de Moura.

Como a embarcação contava com equipamentos de segurança, emitiu um sinal de socorro logo que afundou e acionou a Marinha.

Os nove resgatados foram atendidas pelo oficial médico que estava no navio-patrulha e apresentaram estado de saúde considerado bom. Quando chegaram a Natal, também passaram por exames e ficaram sob observação da equipe do Hospital da Marinha.

Segundo o dono do barco, Nicanor Oliveira, a embarcação transportava, entre outros produtos, materiais para a reforma da BR-363. O Navegantes era o navio mais recente no serviço de carga para abastecer a ilha.


Notas

João Carlos

Publicidades

Unicursos em Mossoró MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário