23 JUL 2019 | ATUALIZADO 11:19
POLÍCIA

Polícia de SP apreende um suspeito de participação na morte de André Severiano

Um adolescente de 16 anos foi apreendido no início da manhã desta segunda-feira (24) em São José dos Campos, no interior de São Paulo, suspeito de ter participado do latrocínio que vitimou o investigador da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, no dia 30 de abril deste ano.
COM INFORMAÇÕES DO G1
24/06/2019 08:53
Atualizado
24/06/2019 08:59
A+   A-  
Polícia de SP apreende um suspeito de participação na morte de André Severiano
André Severiano havia parado o carro para manusear seu telefone celular antes de ir para casa, em Macaíba. Ao ser abordado, ele reagiu ao assalto e foi morto a tiros.

Um adolescente de 16 anos foi apreendido no início da manhã desta segunda-feira (24) em São José dos Campos, no interior de São Paulo.

Ele é suspeito de participação no latrocínio do policial civil André Severiano, crime ocorrido no dia 30 de abril deste ano, na cidade de Parnamirim, na Grande Natal. A apreensão foi confirmada pela Delegacia Geral de Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

Segundo a Degepol, o adolescente é o quinto envolvido na morte do agente. O suspeito de ser o autor dos disparos morreu no dia 23 de maio ao trocar tiros com policias civis durante uma operação realizada para recuperar a arma do policial.

Já os outros três suspeitos, foram presos no dia 5 deste mês durante a operação 'Todos Por Um'.

Veja mais:

Polícia prende quatro acusados de matar o Policial Civil André Severiano


"Após a prisão dos demais autores do crime, ficou confirmada a participação do adolescente na morte. Ele fugiu para São José dos Campos dias após a morte do policial, e foi apreendido na manhã de hoje pela Polícia Civil paulista, em cumprimento a mandado de busca e apreensão pessoal expedido pela Vara da Infância e Juventude de Parnamirim", acrescentou a assessoria de comunicação da Polícia Civil potiguar.

O latrocínio

A investigação aponta que os criminosos pretendiam fazer um assalto na cidade de Macaíba, vizinha a Parnamirim, mas desistiram ao terem visto uma viatura da Polícia Militar.

Contudo, quando voltavam para Natal, passaram pelo veículo em que André estava estacionado ao lado do viaduto de Emaús. Sem saber que o motorista era policial, resolveram abordá-lo.

André Severiano havia parado o carro para manusear seu telefone celular. Ele estava a caminho de casa. Foi quando ele acabou surpreendido pelos bandidos, que estavam em um Fiat Uno Vivace, de cor vermelha.

O grupo abordou o policial com o intuito de assaltá-lo. Porém, diante da reação do policial, efetuaram os disparos que o mataram.

Veja mais:

Investigador da Polícia Civil é morto com 3 tiros em Parnamirim



Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário