21 SET 2019 | ATUALIZADO 13:00
POLÍCIA

PRF prende em Russas condenado por matar cabeleireiro em Mossoró

Devid Abikel é condenado a 12 anos de prisão por ter matado a tiros o cabeleireiro Francisco Meira de Araújo, o Tico (31 anos), no dia 24 de outubro de 2010, no Bar das Almas, em Mossoró.
25/08/2019 11:37
Atualizado
25/08/2019 13:53
A+   A-  
Imagem 1 -  Devid Abikel é condenado a 12 anos de prisão por ter matado a tiros o cabeleireiro Francisco Meira de Araújo, o Tico (31 anos), no dia 24 de outubro de 2010, no Bar das Almas, em Mossoró.
Devid Abikel é condenado a 12 anos de prisão por ter matado a tiros o cabeleireiro Francisco Meira de Araújo, o Tico (31 anos), no dia 24 de outubro de 2010, no Bar das Almas, em Mossoró.

A Polícia Rodoviária Federal prendeu no início da manhã deste domingo o comerciante Deivid Abikel Bezerra de Lima, de 30 anos, na BR 116, perto da cidade de Russas, no Ceará. 

Abikel é condenado a 12 anos de prisão por ter matado a tiros o cabeleireiro Francisco Meira de Araújo, o Tico (31 anos), no dia 24 de outubro de 2010, no Bar das Almas, em Mossoró.

Preso e autuado flagrante, Abikel conseguiu liberdade durante a instrução do processo. No dia 2 de novembro de 2016 foi levado a Júri Popular e terminou condenado a 12 anos de prisão.

Na época, a Lei permitia que ele recorresse em liberdade e assim o fez, mas perdeu em segunda instância, tendo a sentença transitada em julgada.

No dia 15 de maio de 2018, as informações chegaram ao processo e o juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, da 1ª Vara Criminal, decretou a prisão preventiva de Abikel.

Devid Abikel, que atualmente trabalha como motorista de caminhão (rota Mossoró/Fortaleza via Russas),  foi preso na manhã deste domingo (25) pela PRF, na BR 116, em Russas (CE).

Apresentado a Delegacia Regional de  Russas, David Abikel se mostrou surpreso com o decreto de prisão preventiva da Primeira Vara Criminal de Mossoró assinado no dia 15 de maio e expedido no dia seguinte para a Polinter.

O preso Devid Abikel deve ser levado para a Delegacia de Capturas de Fortaleza, de onde deve ser providenciado a transferência para o sistema prisional do Rio Grande do Norte.


O crime

O cabeleireiro Francisco Meira de Araújo, o "Tico", na época 31 anos, que residia na rua Jeremias da Rocha, 71, bairro Santo Antônio, foi assassinado a tiros na madrugada do domingo (24 de outubro de 2010), no "Bar das Almas", no bairro Costa e Silva. Ele foi alvejado com um disparo no abdômen e morreu quando era socorrido.

Segundo a polícia, o crime ocorreu por volta das 2h30, quando um homem identificado como Deivid Abikel Bezerra de Lima, 24 anos, chegou ao bar com uma arma escondida no capô do carro, ao avistar Francisco Meira, pegou a arma e sem nenhuma discussão atirou.

Deivid Abikel tentou fugir e atirou contra os policiais que estavam patrulhando à área. Na troca de tiros o agressor foi atingido com um disparo na perna, sendo socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), onde está internado.


Notas

Unicursos 2019

Publicidades

Unicursos em Mossoró MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário