06 DEZ 2021 | ATUALIZADO 17:36
ESTADO
23/09/2019 09:32
Atualizado
23/09/2019 09:33

Pesquisadores da UERN vão atuar na recuperação de áreas queimadas, em Patu

A+   A-  
Um grupo de pesquisadores da instituição se deslocou de Mossoró a Patu, onde a instituição possui um Campus Avançado, para fazer o reconhecimento das áreas atingidas pelo incêndio e se comprometeram em atuar no trabalho de recuperação dessas áreas e em um projeto de educação ambiental no Santuário do Lima.
Imagem 1 -
FOTO: WILSON MORENO

Durante a semana passada os norte riograndenses acompanharam o incêndio que atingiu uma grande área da Serra do Lima, em Patu e que só foi controlado na sexta-feira (21), graças ao esforço do Corpo de Bombeiros e da população, que se mobilizou para auxiliar o trabalho.

Presente em Patu através de seu Campus Avançado, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) também se mobilizou para ajudar.

Um grupo de pesquisadores da instituição se deslocou de Mossoró a Patu para fazer o reconhecimento das áreas atingidas e se comprometeram em atuar no trabalho de recuperação dessas áreas e em um projeto de educação ambiental no Santuário do Lima.

“Estamos com professores de Biologia e Gestão Ambiental e estudantes da graduação e do mestrado, fazendo o levantamento dessa área. Nós já estamos realizando o mapeamento dessa área há três anos. Nossa intenção era propor a criação de um santuário ecológico mas diante desses problemas ambientais agora precisaremos atuar na restauração ecológica e na educação ambiental no Santuário do Lima”, explicou Ramiro Camacho, professor do Departamento de Ciências Biológicas da UERN.


O Padre Telmo, do Santuário do Lima, agradeceu a presença da Universidade, em especial pelo trabalho de conscientização da população em relação à preservação do meio ambiente na região.

“É um trabalho muito importante e que bom que a UERN se propõe a colaborar nesse projeto”, afirmou o Padre.

A diretora do Campus da UERN em Patu, Cláudia Tomé, intermediou a mobilização dos professores da UERN nesta questão.

“A Serra do Lima tem uma grande importância para a UERN, como campo de pesquisa e produção de conhecimento para os diversos cursos, não apenas no Campus de Patu, como em outros campi”, afirmou.

O prefeito Rivelino Câmara acompanhou a comitiva da UERN. Mais uma vez ele destacou a importância da presença da Universidade em Patu e agradeceu o comprometimento da instituição com o município e com a restauração da vegetação da Serra do Lima.

“A UERN sempre foi parceira de Patu, com seus projetos e pesquisas, e neste momento, soma-se ao esforço de tantas pessoas e instituições para minimizar as consequências desse incêndio”, afirmou o prefeito.

A chefe de gabinete da Reitoria, Cicília Maia também participou da visita. Ela apresentou a solidariedade do reitor Pedro Fernandes e da vice-reitora Fátima Raquel, e colocou a Universidade à disposição de Patu e do Santuário do Lima.

“Existem muitas áreas em que podemos atuar. Neste primeiro momento podemos auxiliar na implantação de um programa de educação ambiental e depois na restauração da área atingida e quem sabe, na instalação do Santuário Ecológico”, explicou.

Integraram a comitiva os professores Wendson Dantas e Welka Preston, do Departamento de Gestão Ambiental, além dos estudantes Cláudio Diego, do curso de graduação em Ciências Biológicas e Micarla Alves, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Geografia.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário