10 DEZ 2019 | ATUALIZADO 12:19
MOSSORÓ

Mossoroenses sofrem com altas temperaturas e baixa umidade do ar

Apesar do calor já ser comum na cidade, a defesa civil de Mossoró preparou algumas dicas para amenizar o sofrimento dos mossoroense neste período em que a temperatura máxima chega a 38ºC e a umidade relativa do ar pode ficar com mínima de 15%.
12/11/2019 15:45
Atualizado
13/11/2019 08:55
A+   A-  
Imagem 1 -  Mossoroenses sofrem com altas temperaturas e baixa umidade do ar.
Mossoroenses sofrem com altas temperaturas e baixa umidade do ar.
FOTO: REPRODUÇÃO

Os mossoroense já estão acostumados com as altas temperaturas e o calor, comuns na cidade. Contudo, você já deve ter percebido que os últimos dias têm sido ainda mais difíceis de suportar se você não tem um ar condicionado por perto.

A previsão para os próximos dias na cidade é de temperaturas com máxima em torno de 38ºC, enquanto que a umidade relativa do ar pode registrar mínima de 15%.

Pensando em evitar problemas de saúde na população, principalmente com relação a idosos e crianças, a defesa civil fez um alerta à população com algumas dicas sobre a importância de adotar cuidados especiais nesse período.

“Como foge do nosso controle imediato impedir esta manifestação climática, algumas medidas podem ser utilizadas para melhorar nossa saúde e qualidade de vida nesses períodos”, explica Osnildo Morais de Lima, coordenador de Proteção e Defesa Civil.

Entre os problemas provocados pela a baixa umidade do ar, estão o ressecamento da pele, olhos, nariz e garganta, problemas respiratórios, além do aumento no risco de incêndios.


CONFIRA AS DICAS DA DEFESA CIVIL

* Ingerir bastante líquido;

* Espalhar panos úmidos ou baldes com água em ambientes da casa, principalmente no quarto ao dormir;

* Lavar nariz, e olhos com soro fisiológico algumas vezes ao dia;

* Trocar comidas com muito sal ou condimentos por alimentos mais saudáveis;

* Usar creme hidratante na pele;

* Evitar exercícios físicos entre as 10h da manhã e 5h da tarde;

* Evitar grandes aglomerações;

* Evitar carpetes ou cortinas que acumulem poeira;

* Evitar cobertores de lã ou pelos;

* Evitar exposição prolongada à ambientes com ar condicionado;

* Manter a casa higienizada, arejada e ensolarada;

* Evitar queimadas


Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário