10 DEZ 2019 | ATUALIZADO 12:19
ESTADO

Programa “Justiça na Praça” chega a Areia Branca nesta quinta-feira, 14

Além de atendimento jurídico, durante o evento em praça pública, a população também terá acesso à emissão de documentos, como carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e título eleitoral. Cartórios estarão emitindo certidões de nascimento.
COM INFORMAÇÕES DO TJRN
13/11/2019 11:39
Atualizado
13/11/2019 11:40
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A comarca de Areia Branca recebe, nesta quinta-feira (14), uma edição do programa Justiça na Praça, realizado pelo Tribunal de Justiça do RN, por meio do seu Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (NAPS).

A cidade, de 27 mil habitantes, localizada na Costa Branca potiguar e distante 330 km da capital, receberá os serviços do Poder Judiciário e de instituições parceiras durante todo o dia

O atendimento será realizado, das 8h às 17h, na Praça Nossa Senhora da Conceição, Centro. Esta é a 57ª edição do programa, iniciado no ano de 2007.

O evento contará com mais de 200 audiências agendadas e também do plantão jurídico, formado por desembargadores, juízes, promotores de Justiça, defensores públicos, advogados e conciliadores para a resolução de conflitos apresentados pela população durante o evento.

Os advogados e defensores públicos também prestarão atendimento jurídico gratuito aos participantes.

A Presidência do TJRN designou dez juízes para a realização dos atos processuais durante o evento.

Irão participar desta edição os juízes Ana Clarisse Pereira, Daniel Lucena e Couto Maurício, Daniela Rosado do Amaral, Demétrio do Vale Neto, Emanuel Telino Monteiro, Evaldo Dantas Segundo, Fátima Soares, Kátia Guedes Dias, Renan Brandão e Welma Menezes.

Às 16h, ocorrerá a celebração de casamento comunitário que formalizará a união civil de 102 casais. A juíza Fátima Soares presidirá o ato.


SERVIÇOS

Durante o evento em praça pública, a população também tem acesso à emissão de documentos, como carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e título eleitoral. Cartórios estarão emitindo certidões de nascimento.

O Tribunal de Justiça levará os serviços do NAPS, da Ouvidoria, da Corregedoria Geral de Justiça e da Escola da Magistratura.

A Prefeitura de Areia Branca e os parceiros do programa irão oferecer consultas médicas, testes médicos, triagem para cirurgias eletivas, agendamento de exames e consultas, orientação psicológica e emissão do Cartão SUS.


Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário