01 ABR 2020 | ATUALIZADO 18:59
ESPORTE
20/12/2019 09:23
Atualizado
20/12/2019 09:26

Potiguar de Baía Formosa vence mundial de Surfe no Havaí

A+   A-  
Italo Ferreira, de 25 anos, depois de seis dias de competição, tendo deixado para trás lendas do surfe mundial, como Kelly Slater, disputou a final com o também brasileiro Gabriel Medina, que brigava pelo tricampeonato na competição. Com o desempenho, os dois brasileiros conquistaram vaga na Olimpíada de Tóquio, em 2020
Imagem 1 -  Depois de 6 dias de competição, o Potiguar de Baía Formosa, Italo Ferreira, de 25 anos, venceu o mundial de Surfe no Havaí, tendo deixado para trás lendas do surfe mundial, como Kelly Slater. Com o desempenho, o atleta conquistou vaga na Olimpíada de Tóquio, em 2020.
Depois de 6 dias de competição, o Potiguar de Baía Formosa, Italo Ferreira, de 25 anos, venceu o mundial de Surfe no Havaí, tendo deixado para trás lendas do surfe mundial, como Kelly Slater. Com o desempenho, o atleta conquistou vaga na Olimpíada de Tóquio, em 2020.
FOTO: REPRODUÇÃO

O Potiguar Italo Ferreira, de 25 anos, sagrou-se campeão mundial de surfe nesta quinta-feira (19), deixando para trás o também brasileiro e bi-campeão mundial Gabriel Medina, em Pipeline, no Havaí.

Natural de Baía Formosa, Italo Ferreira teve seu título comemorado pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. Em suas redes sociais, a governadora escreveu:

“Caramba, Ítalo! Campeão MUNDIAL de surfe?!? Diretamente de Baía Formosa para o mundo! O Rio Grande do Norte e todo o Brasil se orgulha muito de você! Parabéns, Ítalo Ferreira, campeão Billabong Pipe Master 2019!  #pipemaster ”, escreveu.

O novo campeão mundial conquistou vaga nas Olimpíadas de Tóquio em 2020, isto considerando o desempenho do Potiguar nas competições organizadas pela Liga Mundial de Surfe (WSL). Gabriel Medina também está com vaga garantida.

Foram seis dias de competição na etapa Pipeline. Os brasileiros foram desbancando os rivais de outros países um a um. Entre os sufistas consagrados que foram deixados para trás está Griffin Colapinto, Johon John Florence, Caio Ibelli, Yago Dora e Koloche Andino e também a lenda do surf mundial Kelly Slater.

O Potiguar Italo Ferreira foi avassalador na competição. Teve bateria que ele conseguiu 14.77 e o competidor que chegou mais perto conseguiu 2.53.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário