22 SET 2020 | ATUALIZADO 18:31
POLÍCIA
COM INFORMAÇÕES DO G1/RN
24/01/2020 10:38
Atualizado
24/01/2020 10:38

Menino de 1 ano e 4 meses morre afogado em viveiro de criação de peixes no RN

A+   A-  
A mãe de Cassio Victor Rocha da Silva contou que os dois haviam dormido e quando ela acordou não encontrou a criança. Após procurar por toda a casa, encontrou a criança dentro de uma viveiro de peixes na casa de um vizinho. O caso aconteceu nesta quinta-feira (23) na zona rural de Ceará-Mirim.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

Uma criança morreu afogada depois de cair em um viveiro de criação de peixes na zona rural de Ceará-Mirim, na Grande Natal, na tarde de quinta-feira (23).

A vítima do afogamento é Cassio Victor Rocha da Silva, de um ano e quatro meses. Lílian Rocha da Silva, mãe da criança, disse que ela e o menino foram dormir e que, quando acordou, a criança não estava mais próxima a ela.

A mãe contou que chegou a procurar o menino em todos os cômodos da casa mas não o encontrou. Em seguida, ela encontrou o corpo do filho no viveiro em que o vizinho cria peixes e ainda tentou reanimá-lo, mas ele já estava sem vida.

O corpo de Cassio foi levado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) em Natal e liberado na noite de quinta.

Desempregada e recebendo benefícios sociais como única fonte de renda, Lílian criou dois dos três filhos com a ajuda da mãe. Sem condições, a outra filha de 9 anos ela deu para adoção.

Ela ganhou um caixão mas não tinha verba para pagar o táxi que levou o corpo do menino, a funerária e os gastos com velório e sepultamento.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário