07 JUN 2020 | ATUALIZADO 16:10
VARIEDADES
ANNA PAULA BRITO
08/04/2020 16:43
Atualizado
08/04/2020 16:54

Potiguar de Tenente Ananias procura família que não vê há 37 anos

A+   A-  
Maria Tereza Nunes, conhecida como Raimundinha, deixou a cidade do alto oeste aos 14 anos, quando casou e se mudou com o marido para a cidade de Nova Russas, no Ceará. Hoje, aos 51 anos, ela busca notícias do irmãos adotivos.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

A tecnologia aproximou cada vez mais as pessoas, mas antes dela se popularizar, há pelo menos 20 anos, a comunicação era extremamente precária e, devido a isso, muitas pessoas, principalmente as mais humildes, acabavam perdendo o contato com familiares e amigos que mudavam de cidade.

É o caso da potiguar Maria Tereza Nunes, de 51 anos, que procurou o MOSSORÓ HOJE para ajudá-la a entrar a família que não vê há quase 40 anos.

Natural de Tenente Ananias, aos 14 anos, em 1983, Maria casou e se mudou com o então esposo para a cidade de Nova Russas, no Ceará.

Devido a dificuldade de comunicação da época, Maria acabou perdendo o contato com a família que a criou até a adolescência.

Na cidade potiguar, Maria era conhecida como “Raimundinha”. Ela é filha adotiva de Joaquim e Nanô Boba. O pai faleceu quando ela ainda era adolescente. Já a mãe ainda era viva na época em que ela foi embora.

Maria conta que lembra, ainda, dos nomes dos irmãos adotivos, conhecidos na cidade como Manel, Alzirita, Cleone e Madalena Boba.

A mulher conta que há muitos anos tem vontade de encontrar a família, mas nunca soube como começar a procurar.

Neste domingo (5), a filha de Maria, Janaína Nunes de Oliveira, conseguiu fazer com que a história da mãe chegasse ao MOSSORÓ HOJE e pediu ajuda para realizar o sonho dela de encontrar os familiares.

“Eu choro muito porque não tenho minha família, pelo menos pra saber notícias de como estão, se são vivos, se já morreram. Eu peço a vocês que me deem uma força pra encontrá-los”, pede Maria.

Maria disse que tem muita esperança de encontrar algum familiar. Conta que se sente só no mundo e sente muita saudade de todos.

Segundo ela, a última informação que teve foi que umas das irmãs morava na cidade de Mossoró, mas ela não sabe se era Creone ou Alzirita.

“Se Deus permitir e tudo correr bem, eu tenho certeza que vou encontrar, nem que seja pra eu ver uma delas”, explicou.

Hoje, além de Janaína, Maria ainda tem outros quatro filhos: Carlos Gomes de Oliveira, Francisco Marcos Nunes de Oliveira, Ronaldo Nunes de Oliveira e António José Nunes de Oliveira.

Janaína contou ao MOSSORÓ HOJE que chegou a encontrar algumas pessoas no Facebook que, pelos nomes e dados, aparentam ser os familiares da mãe dela. Ela chegou a deixar mensagens para eles, mas não obteve respostas.

Apesar das poucas informações fornecidas por Maria, a equipe do MOSSORÓ HOJE pede que se algum leitor da cidade de Tenente Ananias conhecer alguma das pessoas citadas, ou se as próprias tiverem acesso a essa matéria, que entrem em contato para que possamos ajudar a reunir essa família.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário