07 JUL 2020 | ATUALIZADO 09:53
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
04/06/2020 11:37
Atualizado
04/06/2020 11:43

Comitê volta a recomendar adoção imediata de lockdown em Mossoró e Natal

A+   A-  
O Comitê Científico do Nordeste também sugeriu que a medida seja mantida nas cidades onde já havia sido adotadas, como Fortaleza, São Luís e Grande Recife. “Este Comitê continua mantendo a posição de que ainda não é o momento propício de flexibilizar as medidas de isolamento social, uma vez que o pico da epidemia da Covid-19 não foi atingido em nenhum Estado da Região Nordeste”.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O Comitê Científico de Combate ao Coronavírus do Consórcio Nordeste voltou a sugerir a adoção de medidas mais duras de isolamento social para as cidade de Mossoró e Natal, no Rio Grande do Norte.

A medida, conhecida como Lockdown, já havia sido recomendada no boletim publicado pelo Comitê em 21 de maio, mas não foi aceita pelos gestores municipais.

Nesta nova recomendação, o comitê lembra que, nos últimos 10 dias houve uma leve diminuição no ritmo de crescimento de casos confirmados e de óbitos causados pela Covid-19 em algumas localidades da Região Nordeste.

A queda foi notada em cidades que optaram por implementar o lockdown, como Fortaleza, São Luís e Grande Recife. Entretanto os números de casos e óbitos continuam aumentando por todo o Nordeste, e em nenhum Estado o pico da doença foi atingido. Devido a isto, o comitê reforça que não é momento de se falar em flexibilização.

“Este Comitê tem clareza sobre as enormes dificuldades e os prejuízos econômicos causados aos Estados, Municípios e à sociedade como um todo pela manutenção de longos períodos de isolamento social. Os efeitos são ainda mais danosos para os trabalhadores de baixa renda dos setores de serviços não essenciais. Entretanto, este Comitê continua mantendo a posição de que ainda não é o momento propício de flexibilizar as medidas de isolamento social, uma vez que o pico da epidemia da Covid-19 não foi atingido em nenhum Estado da Região Nordeste”.

Além das duas maiores cidades do Rio Grande do Norte, o comitê ainda recomenda a adoção do lockdown imediato em Campina Grande, na Paraíba, e em Arapiraca e São Miguel dos Campos, em Alagoas.

Também recomenda a manutenção da medida no municípios onde ela já havia sido adotada anteriormente. Em Fortaleza, por exemplo, o lockdown foi encerrado no início desta semana, quando as atividades econômicas começaram a ser reabertas de forma gradual.

Acesse o boletim AQUI

Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário