14 JUL 2020 | ATUALIZADO 12:10
MOSSORÓ
29/06/2020 14:48
Atualizado
29/06/2020 14:51

Trecho da Alberto Maranhão volta a ser interditado para reparo de tubulação

A+   A-  
A interdição será realizada no início da manhã desta terça-feira (30). A recomendação é que os motoristas evitem o trecho entre a avenida Delfim Moreira e a rua Crockat de Sá, pois o mesmo estará fechado nas duas faixas. A previsão de conclusão do serviço é para a quinta-feira (2).
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA/ILUSTRATIVA

Avenida Alberto Maranhão, em Mossoró, será interditada mais uma vez no trecho que compreende a avenida Delfim Moreira e a rua Crockat de Sá, no bairro Bom Jardim. O trabalho conheça na manhã desta terça-feira (30).

A nova interdição, de acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), será realizada para recuperação de parte da tubulação de esgoto que foi danificada pelas chuvas ocorridas esse ano.

A recomendação é que os motoristas evitem o trecho, pois o mesmo estará fechado nas duas faixas. A previsão de conclusão do serviço é para a quinta-feira (2).

Ainda segundo a Caern, a combinação de ligações irregulares de água de chuva, canalizadas para dentro da rede de esgoto, e o inverno intenso danificou com mais frequência as tubulações em Mossoró.

De acordo com dados da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), de 1º de janeiro a 26 de junho foram registrados 1.093 milímetros de chuvas na cidade, o que foi caracterizado como um inverno muito chuvoso. Em 2019 o inverno em Mossoró ficou dentro do parâmetro normal.

“A Caern reforça o pedido à população de que retirem canalizações de água de chuva para dentro da rede de esgoto. No momento em que a tubulação é danificada pela pressão causada pela grande quantidade de água, a areia que está acima dela obstrui a passagem e os efluentes retornam para a rua. Um dano para toda a população que pode ser evitado pela atitude individual de cada proprietário de imóvel”, explicou a Caern.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário