12 AGO 2020 | ATUALIZADO 22:24
NACIONAL
29/07/2020 18:50
Atualizado
29/07/2020 18:50

Relatores aprovam emenda de Jean Paul que amplia ajuda a estados e municípios

A+   A-  
O senador propôs a emenda à Medida Provisória 938/2020 que garantia ajuda financeira aos entes federativos entre os meses de março e junho. A proposta do senador, amplia essa socorro financeiro até o mês de dezembro. A proposta foi acatada parcialmente no congresso, até novembro, e segue agora para sanção presidencial.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Uma emenda do senador Jean Paul Prates (PT-RN) à Medida Provisória 938/2020, que amplia a ajuda aos estados e municípios no período da pandemia do coronavírus no país, foi acolhida pelos relatores, os deputados Hildo Rocha (MDB - MA) e o senador Cid Gomes (PDT-CE).

A medida foi aprovada hoje pelo Senado e segue agora para sanção presidencial. A proposta original do governo garantia uma ajuda financeira aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios entre os meses de março e junho.

O senador Jean Paul foi um dos parlamentares que apresentou emenda, prorrogando a ajuda até dezembro, quando termina o estado de calamidade pública. A proposta foi parcialmente acolhida pelo relator na Câmara, com o prazo de apoio estendido até novembro.

“Queríamos garantir que estados e municípios receberiam durante toda a crise da pandemia, no mínimo, os valores aplicados em 2019 para o mesmo período, referentes ao FPE e FPM” lembrou Prates.

“Para que os entes possam ter capacidade financeira de fazer frente às ameaças sanitárias e econômicas é essencial a segurança de que não receberão recursos menores nos fundos de participação em relação aos repasses feitos em 2019. O texto aprovado pelas casas do Congresso avançou bastante em relação ao que o Governo ofereceu.”, completou.

O governo destinará R$ 16 bilhões aos entes federativos que tiveram perdas nos repasses dos fundos de participação dos estados e dos municípios (FPE e FPM, respectivamente).

O valor referente a cada ente federativo será calculado pela Secretaria do Tesouro Nacional da Secretaria Especial de Fazenda do Ministério da Economia e creditado pelo Banco do Brasil até o 15º dia útil de cada mês.

OUTRAS PROPOSTAS

O Senado aprovou ainda a Medida Provisória 975/2020 que cria um programa emergencial de crédito para pequenas e médias empresas.

Os empréstimos concedidos contam com até R$ 20 bilhões de garantia da União, complementando o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

Também foi apreciada e aprovada nesta quarta-feira (29) a Medida Provisória 942/2020, que abriu créditos extraordinários no valor de R$ 639 milhões para os ministérios da Educação; Justiça e Segurança Pública; e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário