01 OUT 2020 | ATUALIZADO 18:26
MOSSORÓ
03/08/2020 18:28
Atualizado
03/08/2020 18:32

Loja de roupas é autuada por promover saldão e provocar aglomeração em Mossoró

A+   A-  
A vigilância sanitária informou que recebeu diversas denúncias, nesta segunda-feira (3), sobre uma loja de roupas que estaria promovendo um saldão e provocando aglomerações em seu interior, fatos constatado por fiscais que foram até o local; Além de ser autuada por infringir duas determinações do decreto municipal, o gerente teve que assinar um termo para adequação em 24h ao protocolo sanitário contra a Covid-19 e esvaziar a área com aglomeração
Imagem 1 -
FOTO: DIVULGAÇÃO

Nesta segunda-feira (3) a Vigilância Sanitária de Mossoró recebeu várias denúncias sobre uma loja de roupas no Centro que estava fazendo um saldão e provocando uma grande aglomeração de pessoas em seu interior.

De acordo com a assessoria da Prefeitura, no início desta tarde, fiscais foram até o local averiguar as denúncias recebidas por meio de fotografias que estava circulando nas redes sociais, inclusive vídeo publicados pela própria loja.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Municipal, Paula Escóssia, com base nas fotos enviadas nas denúncias, o estabelecimento comercial infringiu dois artigos do decreto municipal, o que proíbe qualquer tipo de evento ou programação atrativa para os clientes, como promoções, estimulando a ida de clientes, além da aglomeração de pessoas no interior da loja.

“Só podemos autuar o estabelecimento se no momento da fiscalização for confirmado o desrespeito as determinações dos decretos municipais. Não sendo possível autuar com base em fotografias existentes. No entanto, mesmo que não se verifique mais aglomeração ou outra infração no local, os fiscais já estão orientados a conversarem com o gerente ou responsável pela loja e fazer um termo explicando que o que aconteceu pela manhã, está totalmente errado de acordo com as normas de segurança previstas no decreto”, frisa.

O fiscal José Vicente, presente na fiscalização explicou que ao chegar a loja alvo de denúncias, a equipe da Vigilância Sanitária encontrou uma grande aglomeração de pessoas no interior do estabelecimento desrespeitando as regras de distanciamento.

Além de um Termo para adequação em 24h ao protocolo sanitário determinado pelo município, e esvaziamento da área com aglomeração, a Vigilância Sanitária também irá autuar o estabelecimento por cometer várias infrações, como a realização do saldão e descumprimento de outras medidas de prevenção.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário