24 SET 2020 | ATUALIZADO 18:36
MOSSORÓ
06/08/2020 15:21
Atualizado
06/08/2020 15:21

“O carro deu um ‘papoco’ e começou a pegar fogo na parte dianteira”

A+   A-  
O universitário Ruan Lima conta como alertou o motorista do carro que pegou fogo nesta quarta-feira (5), em Mossoró, e ajudou a salvar dois adultos e uma criança que estavam no veículo; Bombeiros foram acionados e conseguiram conter as chamas. Ninguém ficou ferido.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O estudante universitário Ruan Lima contou como percebeu que um carro estava em chamas e ajudou a alertar o motorista, na tarde desta quarta-feira (5), em Mossoró.

O veículo, um Peugeot 208 vermelho, entrou em combustão na Rua Duodécimo Rosado, Bairro Doze anos, na lateral do Big Bompreço. Dentro, estava o condutor, uma mulher e uma criança.

Ruan disse ao MOSSORÓ HOJE que estava caminhando com 3 amigos quando o carro passou ao lado dele, já pegando fogo.

“Fomos atravessar a pista, mas vinha um carro e resolvi esperar, enquanto eles [os amigos] já tinham passado. O carro era um Peugeot 208 vermelho, veio reduzindo a velocidade e achei que ele estaria me dando a preferência para passar, mas quando pensei em atravessar a rua, o carro deu um ‘papoco’ e começou a pegar fogo na parte dianteira”, disse.

Ele conta que com a velocidade do veículo, o vento não deixou o fogo subir a ponto de ser visualizado pelo motorista. Após o susto inicial, ele explica que começou a gritar e acenar para que o condutor parasse e descesse do veículo.

“Ele encostou e demorou um pouco a sair, acho que é porque uma criança estava na cadeirinha e estavam tentando retirá-la. Então finalmente saiu o condutor, uma mulher e a criança do carro. Fiquei gritando para se afastarem, pois estava com medo de explosão”.

Ruan disse que o trânsito estava intenso e os outros carro estava passando muito perto do veículo em chamas. Os amigos dele tentaram orientar os motoristas a desviarem, mas não foram ouvidos. Nesse momento, o Corpo de Bombeiros já havia sido acionado.

O universitário conta, ainda, que um carro encostou próximo e eles tentaram pedir ajuda para usar o extintor de incêndio do carro, mas as chamas já estam fortes. “Depois disso chegaram os agentes de trânsito e os bombeiros e tudo foi se resolvendo”.

Os Bombeiros precisaram utilizar o sistema LGE (Líquido Gerador de Espuma) usado em incêndios com a presença de líquido inflamável.

Após conseguirem controlar as chamas, o proprietário do veículo contou aos Bombeiros que quando parou, percebeu um vazamento de combustível e deixou o veículo. Ninguém ficou ferido.

As causas do incêndio serão determinadas após a perícia realizada no veículo.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário