30 OUT 2020 | ATUALIZADO 19:02
NACIONAL
COM INFORMAÇÕES DO G1
25/09/2020 17:42
Atualizado
25/09/2020 17:42

Decano do STF, Celso de Mello adianta aposentadoria para 13 de outubro

A+   A-  
O Ministro se aposentaria de modo compulsório em 1º de novembro, quando completa 75 anos. A decisão de adiantar a aposentadoria em pouco mais de duas semanas foi anunciadas nesta sexta-feira (25), ao presidente do Supremo, ministro Luiz Fux; Com a saída de Celso de Mello, caberá ao presidente Bolsonaro indicar o próximo ocupante da cadeira.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, comunicou à presidência da Corte que vai se aposentar no dia 13 de outubro.

Celso de Mello se aposentaria de modo compulsório em 1º de novembro, quando completa 75 anos. Com a decisão informada ao presidente do STF, ministro Luiz Fux, o decano (mais antigo ministro) do Supremo deve adiantar sua saída em pouco mais de duas semanas.

Em agosto, Celso de Mello completou 31 anos ocupando uma das cadeiras do STF. Ele foi indicado pelo ex-presidente José Sarney em 1989.

Antes de sair, Celso espera participar do julgamento que definirá se o presidente Jair Bolsonaro prestará depoimento presencial, ou por escrito, no inquérito sobre uma suposta tentativa de interferência na Polícia Federal. O ministro é relator do inquérito.

Com a aposentadoria de Celso de Mello, caberá a Bolsonaro indicar o próximo ocupante da cadeira. O mandato no Supremo Tribunal Federal tem caráter vitalício até a idade máxima da aposentadoria compulsória, hoje fixada em 75 anos.

LICENÇA E RETORNO ANTECIPADO

Nesta sexta, o ministro antecipou o fim de uma licença médica e retomou os trabalhos no STF. Celso de Mello se afastou do gabinete em 19 de agosto, por conta de uma cirurgia. A previsão era de que ficasse licenciado até este sábado (26).

No início do ano, o ministro Celso de Mello passou por uma cirurgia no quadril. Em agosto, o Supremo não detalhou o novo procedimento cirúrgico a que o ministro foi submetido.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário