05 DEZ 2020 | ATUALIZADO 07:49
NACIONAL
Com informações da Cruzué, Gazeta do Povo e G1
14/10/2020 22:12
Atualizado
15/10/2020 08:22

PF apreende dinheiro nas nádegas do vice-líder de Bolsonaro no Senado

A+   A-  
Os agentes investigam, com ordens do STF, o destino de pelo menos 20 milhões dos 55 milhões que foram destinados pelo Governo Federal para combater a covid19 no Estado do Paraná; O senador do DEM estaria sendo beneficiado com propinas; Ao menos é o que investiga a PF
Imagem 1 -  PF apreende dinheiro nas nádegas do vice-líder de Bolsonaro no Senado. Os agentes investigam o senador Chico Rodrigues, com ordens do STF, para saber o destino de pelo menos 20 dos 55 milhões destinados pelo Governo Federal para o combater a covid19 no Estado do Paraná; O senador do DEM estaria sendo beneficiado com propinas; Ao menos é o que investiga a PF.
PF apreende dinheiro nas nádegas do vice-líder de Bolsonaro no Senado. Os agentes investigam o senador Chico Rodrigues, com ordens do STF, para saber o destino de pelo menos 20 dos 55 milhões destinados pelo Governo Federal para o combater a covid19 no Estado do Paraná; O senador do DEM estaria sendo beneficiado com propinas; Ao menos é o que investiga a PF.
Jefferson Rudy/Agência Senado Fonte: Agência Senado

Com autorização do Supremo Tribunal Federal, a Policia Federal cumpriu ordens de busca e apreensão na casa do senador Chico Rodrigues, do DEM, indicado vice-lider do governo no Senado, num bairro nobre de Boa Vista, capital do Estado do Paraná.

Além do senador, outros seis endereços receberam a visita na manhã desta quarta-feira, 14, dos agentes da Policia Federal, que investiga o destino de pelo menos 20 de 55 milhões destinados pelo Governo Federal para combater a covid19.

A Revista Cruzué informou que durante as buscas na casa do senador teve um momento de muito constrangimento. É que o próprio senador escondia uma quantidade substancial de dinheiro na cueca e parte deles entre as nádegas.

"Foi justamente ao averiguar os maços na cueca que os investigadores se deram conta de que havia mais e localizaram notas entre as nádegas do vice-lider do governo Bolsonaro no Senado Federal", narra a revista Cruzué, que classifica o caso como repugnante - escatológica, até.

Outro lado 

O senador Chico Rodrigues informou através de suas redes sociais que acredita na Justiça dos homens e na divina e que, por este motivo, está tranquilo com o fato ocorrido nesta manhã, informa o jornal a Gazeta do Povo.

Chico Rodrigues escreveu: "A Policia Federal cumpriu sua parte em fazer buscas em uma investigação na qual meu nome foi citado. No entanto, tive meu lar invadido por agentes ter feito meu trabalho como parlamentar, trazendo recursos para o combate a covid-19 para a saúde do Estado".

Acrescenta: "Na vida pública é assim, e ao longo dos meus 30 anos dentro da politica conheci muita gente mal intencionada e afim de macular minha imagem".


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário