26 JAN 2021 | ATUALIZADO 19:38
MOSSORÓ
12/01/2021 21:13
Atualizado
13/01/2021 08:35

Vice-prefeito cobra a ministro iluminação para o Complexo Viário de Mossoró

A+   A-  
"Trata-se de uma medida urgente para Mossoró. A escuridão ameaça vidas. O ministro se comprometeu em acelerar nosso pleito em Brasília", informa Fernandinho, que também conversou com os ministros Rogério Marinho e Fábio Faria sobre outros projetos importantes para Mossoró
Imagem 1 -  "Trata-se de uma medida urgente para Mossoró. A escuridão ameaça vidas. O ministro se comprometeu em acelerar nosso pleito em Brasília", informa Fernandinho, que também conversou com os ministros Rogério Marinho e Fábio Faria sobre outros projetos importantes para Mossoró
"Trata-se de uma medida urgente para Mossoró. A escuridão ameaça vidas. O ministro se comprometeu em acelerar nosso pleito em Brasília", informa Fernandinho, que também conversou com os ministros Rogério Marinho e Fábio Faria sobre outros projetos importantes para Mossoró

O vice-prefeito, João Fernandes de Melo Neto, "Fernandinho" (PSD), lembrou ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, da necessidade urgente da implantação da rede de iluminação dos 17 kms do Complexo Viário dos Abolições, em Mossoró-RN.

Tarcísio Gomes estava em Natal inaugurando a primeira etapa do Complexo Viário do Gancho do Igapó, em Natal, nesta segunda-feira, 11, junto com os ministros Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, e Fábio Faria, da Comunicação.

"Trata-se de uma medida urgente para Mossoró. A escuridão ameaça vidas. O ministro se comprometeu em acelerar nosso pleito em Brasília", informa Fernandinho.

A Complexo Viário dos Abolições foi projetado em 2009, ainda durante o governo Lula. A então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, que veio pessoalmente para o lançamento.

A obra, no entanto, terminou sendo executada durante o governo Rosalba Ciarlini, com recursos federais (R$ 72 milhões), com uma série de erros grosseiros.

Falta drenagem em vários trechos, como, por exemplo, no viaduto de acesso ao Partage Shopping. A sinalização é horrível. Não tem passarelas, o que torna a travessias para pedestres um ato perigoso, já tendo ocorrido acidentes com mortes.

Para as autoridades, a falta de iluminação é o principal problema, em especial nos retornos do Redenção, em frente ao antigo Clube da Cosern, em frente a Rodoviária, perto do Cemitério Novo, perto da ponte da Barragem de Genésio, nas imediações da BR 110 e na saída para Natal, que estão causando acidentes com várias mortes.

Por esta razão, a prioridade.

Fernandinho também dialogou, durante a cerimônia de inauguração do trecho do Gancho do Igapó, com os ministros Rogério Marinho e Fábio Faria sobre outras pautas de interesse de Mossoró, como ampliar a rede de telefonia na Maisa.

"Foi uma agenda muito positiva", avalia o vice-prefeito, ao considerar que as conversas abriram portas em Brasília para a gestão Allyson Bezerra, em Mossoró-RN.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário