08 MAR 2021 | ATUALIZADO 21:17
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
20/01/2021 17:05
Atualizado
03/02/2021 08:05

Primeira vacinada no HRTM é sobrinha de enfermeira vítima da Covid-19

A+   A-  
Jane-Eire Maria de Morais morreu por complicações da doença no dia 22 de junho de 2020. Ela também foi homenageada com o nome da sala de vacinação do Hospital. Rúbia Mara Maia Feitosa, também enfermeira da linha de frente e sobrinha de Jane, contou que ficou surpresa e emocionada ao saber que seria a primeira vacinada no HRTM. “É um misto de emoções muito forte”, disse. A deputada Isolda Dantas, do PT, acompanhou o início da imunização dos servidores do HRTM.
Imagem 1 -  Jane-Eire Maria de Morais morreu por complicações da doença no dia 22 de junho de 2020. Ela também foi homenageada com o nome da sala de vacinação do Hospital. Rúbia Mara Maia Feitosa, também enfermeira da linha de frente e sobrinha de Jane, contou que ficou surpresa e emocionada ao saber que seria a primeira vacinada no HRTM. “É um misto de emoções muito forte”, disse. A deputada Isolda Dantas, do PT, acompanhou o início da imunização dos servidores do HRTM.
Jane-Eire Maria de Morais morreu por complicações da doença no dia 22 de junho de 2020. Ela também foi homenageada com o nome da sala de vacinação do Hospital. Rúbia Mara Maia Feitosa, também enfermeira da linha de frente e sobrinha de Jane, contou que ficou surpresa e emocionada ao saber que seria a primeira vacinada no HRTM. “É um misto de emoções muito forte”, disse. A deputada Isolda Dantas, do PT, acompanhou o início da imunização dos servidores do HRTM.
FOTO: ANNA PAULA BRITO

O Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) iniciou a vacinação de sua equipe de saúde na tarde desta quarta-feira (20). A unidade foi a primeira referência de atendimento às vítimas da Covid-19 na região, com a abertura de 20 leitos de UTI e 9 de enfermaria.

A primeira enfermeira vacinada no local foi Rúbia Mara Maia Feitosa, que trabalha há dois anos no hospital. A deputada estadual Isolda Dantas, do PT, acompanhou pessoalmente o início da imunização dos servidores do HRTM.

Rúbia é sobrinha da Jane-Eire Maria de Morais, também enfermeira do hospital e que perdeu a luta contra a doença no dia 22 de junho de 2020. Jane também atuava na linha de frente e trabalhava no HRTM desde o ano de 1986. A sala montada para a vacinação dos servidores também ganhou o nome dela.

Rúbia contou ao MOSSORÓ HOJE que ficou surpresa quando foi informada que seria a primeira a ser vacinada no hospital e se sentiu emocionada com a homenagem à tia.

“Foi um surpresa pra mim, eu sabia da homenagem à Tia Jane-Eire, mas não sabia que seria a primeira a ser vacinada do HRTM. Eu sempre falo que tá sendo um misto de emoções muito fortes”, explica.

Emocionada, ela conta que não foram dias fáceis e que ainda hoje é uma perda que não cicatriza, mas diz se sentir extremamente feliz por representar a tia, uma pessoa tão querida dentro do hospital e que desempenhou tão bem a sua função durante toda a sua vida.




“O RESGATE DA ESPERANÇA”

A vacinação no HRTM foi iniciada por volta das 15h30. A diretora da unidade, Herbenia Ferreira disse que este ato significa o resgate da esperança, que todos vamos sair dessa pandemia. Lembrou que, além da enfermeira Jane-Eire, o hospital também perdeu o médico Clodovil e a técnica de enfermagem Angélica.

Explicou que nesta quarta-feira (20) foi recebido um quantitativo de doses suficientes para vacinar apenas os servidores da UTI Covid e da Enfermaria Covid. Amanhã, com a chegada de novas unidades, serão vacinados os funcionários do setor de urgência e emergência, centro cirúrgico e UTI Geral.

“Eu acredito que até sábado nós estaremos encerrando essa primeira parte da vacinação, porque nós vamos receber um quantitativo que não vai ser suficiente para vacinar os 1200 servidores. Então nós fizemos prioridades por setores, daqueles servidores que atuam mais diretamente na assistência aos pacientes com Covid”, explicou.


A deputada Isolda Dantas lembrou na ocasião que a governadora Faria Bezerra está fazendo todos os esforços possíveis para chegar mais doses das vacinas que estão sendo autorizadas pela Anvisa no Brasil. E esta atenção contra a covid19 tem sido dobrada da parte do governo Fátima Bezerra desde o início da pandemia.

A deputada em sua missão de fiscalizar os atos do executivo, acrescenta que o trabalho combate a pandemia, em especial e elaboração do Plano de Vacinação no Rio Grande do Norte, se destaca no Pais, pelo zelo e empenho da parte dos profissionais e do Governo. As decisões são tomadas em conjunto e seguindo as orientações científicas. 

Veja o cronograma de vacinação abaixo:

Na quinta-feira, 21, às 7h30, será vacinado os servidores do Hospital São Luiz, seguindo uma ordem de prioridade. Depois será o Hospital Maternidade Almeida Castro, também seguindo ordem de prioridade.

Neste primeiro momento, as dose de vacinas foram menos de 4 mil para Mossoró, insuficiente para vacinar todos os servidores que atuam na linha de frente contra a covid19.

Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário