06 MAR 2021 | ATUALIZADO 11:13
EDUCAÇÃO
12/02/2021 14:40
Atualizado
12/02/2021 14:41

Seguindo cronograma, seleção do Sisu inicia em 6 de abril

A+   A-  
Para a edição do 1º semestre de 2021, os interessados podem se inscrever entre os dias 6 e 9 de abril. Conforme o MEC, o resultado da chamada única da primeira edição de 2021 do processo seletivo será publicado no dia 13 de abril.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nessa quinta-feira (11), a data de inscrição do Sistema de Seleção Unificada ( Sisu ). Para a edição do 1º semestre de 2021, os interessados podem se inscrever entre os dias 6 e 9 de abril.

Conforme o MEC, o resultado da chamada única da primeira edição de 2021 do processo seletivo será publicado no dia 13 de abril. Durante 14 a 19 de abril será o período para efetuar a matrícula ou o registro acadêmico na instituição de ensino para a qual o candidato tenha sido selecionado.

Para pleitear uma vaga, o participante precisa ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2020, obtido nota superior a zero na prova de redação, e não ter participado do Enem na condição de “treineiro”.

Quem não for selecionado na chamada única do Sisu poderá disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. O prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera será de 13 a 19 de abril.

Sisu

O Sisu é um dos programas do governo de acesso à graduação. Instituições públicas de educação superior federais, estaduais e municipais oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção.

Os candidatos são selecionados para as opções de cursos indicadas no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida no Enem.

Bolsa de estudo para faculdade

Quem não tem a nota do Enem 2020 para se inscrever no Sisu ainda pode conseguir ingressar no ensino superior em 2021.1 com bolsa de estudo.

Com o Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional privado, é possível conseguir estudar com descontos que podem chegar a até 70% dos valores das mensalidades do curso de escolha. Não é preciso ter feito o Enem e nem comprovar renda familiar.


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário