13 ABR 2021 | ATUALIZADO 18:12
ESTADO
07/04/2021 13:58
Atualizado
08/04/2021 08:35

Vacinação de Agentes de Segurança do RN começa nesta quinta- feira,8

A+   A-  
Porém, de acordo com nota técnica produzida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (SEAP), serão priorizados os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid-19, de maneira escalonada e proporcional
Imagem 1 -  Vacinação de Agentes de Segurança do RN começa nesta quinta- feira,8. Devem se vacinar servidores públicos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), Polícia Penal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal Federal e agentes públicos das guardas municipais. De acordo com nota técnica produzida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (SEAP), neste primeiro momento, serão priorizados os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid-19.
Vacinação de Agentes de Segurança do RN começa nesta quinta- feira,8. Devem se vacinar servidores públicos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), Polícia Penal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal Federal e agentes públicos das guardas municipais. De acordo com nota técnica produzida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (SEAP), neste primeiro momento, serão priorizados os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid-19.

O Governo do Rio Grande do Norte inicia nesta quinta-feira (8) a vacinação contra a Covid-19 para os agentes da segurança pública que atuam no estado. Nesta primeira remessa, serão aplicadas 1.040 doses do imunizante CoronaVac.

Devem se vacinar servidores públicos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), Polícia Penal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal Federal e agentes públicos das guardas municipais.

Porém, de acordo com nota técnica produzida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (SEAP), serão priorizados os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid-19, de maneira escalonada e proporcional, que atuam nas seguintes situações:

• Trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes;

• Trabalhadores envolvidos em resgates e atendimento pré-hospitalar;

• Trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a Covid-19;

• Trabalhadores envolvidos nas ações de implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto com o público, independente da categoria.

Na capital potiguar e no interior do estado, a vacina será aplicada em cinco unidade da PM. São elas:

• Natal (Comando Geral da PM), a vacinação acontece nesta quinta-feira (8), de 7h às 11h/13h30 às 16h, e na sexta (9), de 08h às 12h;

• Mossoró (Hospital da PM), a vacinação acontece nesta quinta-feira (08), de 8h às 11h/13h30 às 16h, e na sexta (9), de 08h às 12h;

• Caicó (6º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 9h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h;

• Pau dos Ferros (7º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 08h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h;

• Nova Cruz (8º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 13h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h.

O estado tem mais de 14,4 mil agentes de segurança pública das esferas municipal, estadual e federal. A vacinação será realizada pelas equipes de saúde das próprias forças de segurança e salvamento, com participação e supervisão municipal.

Efetivos e quantidades de doses por força

de segurança

• Polícia Militar

Efetivo: 8.264

Doses: 602

• Polícia Civil

Efetivo: 1307

Doses: 95

• Bombeiros

Efetivo: 630

Doses: 45

• ITEP

Efetivo: 526

Doses: 38

• Polícia Penal

Efetivo: 1.359

Doses: 99

• Polícia Federal

Efetivo: 273

Doses: 20

• Polícia Rodoviária Federal

Efetivo: 284

Doses: 21

• Polícia Penal Federal

Efetivo: 255

Doses: 19

• Guarda Municipal (Prefeituras)

Efetivo: 1.506

Doses: 101

• Efetivo total: 14.404

Doses: 1.040


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário