23 JUN 2021 | ATUALIZADO 09:00
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
05/05/2021 12:29
Atualizado
05/05/2021 12:50

Diretor do Hemocentro fala sobre estoque crítico e faz apelo por doações

A+   A-  
Segundo o Dr. Damasio Leite, diretor da unidade de Mossoró, os estoques de sangue da unidade estão em estado crítico, com baixíssimas unidades de bolsas disponíveis, de todos os tipos sanguíneos. Ele explica que, na contramão do aumento da demanda, devido ao crescente número de casos de pacientes com quadro agravado da Covid-19, houve uma queda considerável no número de doadores que buscam a unidade todos os dias.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

Nesta quarta-feira (5) o Diretor do Hemocentro de Mossoró, Dr. Damasio Leite, fez um apelo à população da cidade e regiões circunvizinhas para que compareçam à unidade para a realização de doações de sangue.

Segundo ele, os estoques de sangue da unidade estão em estado crítico, com baixíssimas unidades de bolsas disponíveis, de todos os tipos sanguíneos.

“Pra você ter uma ideia, o A+, que é um tipo sanguíneo considerado fácil de ser encontrado, está com estoque quase zerado e o problema não se resume apenas a ele, o estoque está crítico para todos os tipos sanquíneos”, conta.

Damásio explica que, na contramão do aumento da demanda, devido ao crescente número de casos de pacientes com quadro agravado da Covid-19, houve uma queda considerável no número de doadores que buscam a unidade todos os dias.

Veja mais:

Pandemia provocou aumento da demanda por sangue no hemocentro


“No geral, quando nós temos um número considerado 'tranquilo', temos uma média de 50 doadores por dia. Esse número vem caindo. Nos últimos seis dias, quando fizemos a média dos doadores que vieram até o hemocentro, esse número ficou em 39 e pouco, 40 doadores”, explica.

Além dos pacientes com covid, o Hemocentro ainda fornece bolsas de sangue para pacientes oncológicos e para cirurgias eletivas e de emergência, o que deixa o quadro ainda mais preocupante, diante do baixo estoque.

O diretor lembra que a população não precisa ter medo de ir realizar sua doação, visto que a unidade está seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, com higienização dos ambientes, fornecimento de álcool em gel, máscaras e ainda está mantendo o distanciamento necessário entre os doadores.

Os interessados em realizar esse gesto de amor ao próximo, podem procurar o Hemocentro, ao lado do Hospital Regional Tarcísio Maia, de segunda a sexta, das 7h às 18h, e aos sábado, das 7h às 17h.


DOAÇÃO EM CASO DE VACINAÇÃO

Em caso de o doador ter recebido alguma dose das vacinas, seja contra a Covid-19 ou contra a influenza, terão de esperar alguns dias para realizar a doação. Confira abaixo:

- Coronavac - após 48 horas

- Astrazeneca/Oxford - após 7 dias

- Influenza H1N1 - após 48 horas


CRITÉRIOS GERAIS PARA DOAÇÃO DE SANGUE

Critérios específicos relacionados à Covid-19:

- Caso tenha tido contato com pessoa diagnosticada com Covid-19, aguardar o prazo de 14 dias para realizar a doação.

- Caso tenha sido diagnosticado com a doença, deve aguardar o prazo de 30 dias após a liberação médica para procurar o hemocentro.

Critérios gerais:

- Estar em boas condições de saúde;

- Estar bem alimentado;

- Ter entre 16 e 69 anos (entre 16 e 17 devem estar acompanhados dos responsáveis);

- Pesar mais de 50 kg;

- Não tomar medicamentos que possam afetar a saúde;

- Não ter contraído hepatite após os 11 anos

- Não ter feito cirurgia recente;

- Não ter feito tatuagem ou colocado piercing nos 12 meses que antecederem a doação;

- Apresentar documento original, com foto, no dia da doação.


Notas

Posto JP - Maio de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário