05 AGO 2021 | ATUALIZADO 06:39
SAÚDE
13/06/2021 14:05
Atualizado
13/06/2021 15:12

Vigilância autua o Tchê, Sebosão e Lamparina por descumprir decreto do Governo do Estado

A+   A-  
Haviam dezenas de outros abertos, mas quando souberam da fiscalização, fecharam. Vídeos e fotos mostraram jovens lotando estes estabelecimentos sem usar máscaras, ignorando quase meio milhão de mortos no Brasil, 6.421 no RN, 529 em Mossoró-RN e UTIs covid19 estão lotadas. A Polícia Militar também atuou, tendo fechado, entre vários outros bares, o Corujão, do vereador Pablo Aires, do PSB, localizado na Av. Presidente Dutra, na Ilha de Santa Luzia
Imagem 1 -  Haviam dezenas de outros abertos, mas quando souberam da fiscalização, fecharam. Vídeos e fotos mostraram jovens lotando estes estabelecimentos sem usar máscaras, ignorando quase meio milhão de mortos no Brasil, 6.421 no RN, 529 em Mossoró-RN e UTIs covid19 estão lotadas.  A Polícia Militar também atuou, tendo fechado, entre vários outros bares, o Corujão, do vereador Pablo Aires, do PSB, localizado na Av. Presidente Dutra, na Ilha de Santa Luzia
Haviam dezenas de outros abertos, mas quando souberam da fiscalização, fecharam. Vídeos e fotos mostraram jovens lotando estes estabelecimentos sem usar máscaras, ignorando quase meio milhão de mortos no Brasil, 6.421 no RN, 529 em Mossoró-RN e UTIs covid19 estão lotadas. A Polícia Militar também atuou, tendo fechado, entre vários outros bares, o Corujão, do vereador Pablo Aires, do PSB, localizado na Av. Presidente Dutra, na Ilha de Santa Luzia

A Vigilância Sanitária de Mossoró lavrou três autuações e fez várias notificações na noite deste sábado, 12, por desrespeito ao decreto do Governo do Estado (vai até o dia 23 de junho), impondo restrições a eventos, para conter o avanço do coronavirus.

Vídeos divulgados nas redes sociais, mostram clubes, boates, bares e butecos abertos e lotados, em especial jovens, sem usar máscaras.  Se comportam como se a pandemia estivesse terminado, quando na verdade não terminou e o quadro ainda é muito preocupante. Os números falam por sí.

No Brasil, o número de óbitos por covid19 já se aproxima de meio milhão. No Rio Grande do Norte são 6.421 óbitos e existe 909 pessoas internadas, sendo que 643 em hospitais públicos e 266 em hospitais privados.

Em Mossoró (cerca de 300 mil habitantes), morreram 529 pessoas e existem outros 108 casos em investigação. São 177,9 mortes por 100 mil habitantes.

Perto de Mossoró, o município de Areia Branca (cerca de 27 mil habitantes), são 90 mortes por covid19 e existe outros 8 casos sendo investigados. É o caso mais assustador e preocupante do Rio Grande do Norte: 324 óbitos por 100 mil habitantes.


A vigilância lavrou autuação contra o Thê, Sebosão e Lamparina. Dezenas de outros estabelecimentos também estavam abertos e lotados, mas quando souberam do trabalho da Vigilância Sanitária e também da Polícia Ambiental, fecharam as portas antes da chegada da fiscalização.

A preocupação central das autoridades sanitárias é com o número elevado de pessoas diagnosticadas com covid19 e solicitando vagas em leito de UTI nos hospitais de Mossoró, Pau dos Ferros, Apodi, Assu, Caraúbas, Caicó e principalmente na região da Grande Natal.


A Polícia Ambiental também atuou a noite deste sábado, 12. Entre os bares, que os policiais recomendaram baixar as portas em respeito ao decreto do Governo do Estado, está o Corujão, do vereador Pablo Aires, do PSB, que fica na Avenida Presidente Dutra, na Ilha de Santa Luzia.

A reportagem do PORTAL MOSSORO HOJE recebeu pelo menos 10 vídeos mostrando clubes, boates, bares e botecos abertos, todos lotados, não só na área urbana, mas também na zona rural. O que mais motivou reclamações foi um clube existente no Jucuri.

O trabalho de fiscalização da Vigilância Sanitária, com apoio da Guarda Municipal, continua, com objetivo de preservar a vida. O mesmo com relação a Polícia Militar (ambiental). Também com a meta de conter a disseminação do novo coronavirus.


Notas

Posto JP - Maio de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário