26 SET 2021 | ATUALIZADO 13:50
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
04/08/2021 08:51
Atualizado
04/08/2021 10:24

Acusado de tentar matar um homem por causa de 5 reais vai à júri nesta quarta, 4

A+   A-  
Antonio Jefferson da Silva, de 25 anos, teria desferido vários golpes de faca em Luiz Aldere Alves da Silva porque a vítima se negou a lhe dar 5 reais. O crime aconteceu no dia 19 de agosto de 2020, no bairro Aeroporto, em Mossoró; o júri popular está previsto para ser iniciado às 9h, com a escolha do conselho de sentença. Será presidido pelo Juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Em mais uma sessão do Júri Popular da comarca de Mossoró, o conselho de sentença se reúne, nesta quarta-feira (5), para julgar a culpa de Antonio Jefferson da Silva, de 25 anos, na tentativa de homicídio de Luiz Aldere Alves da Silva.

O crime aconteceu no dia 19 de agosto de 2020, no bairro Aeroporto, em Mossoró. A vítima foi golpeada com uma faca na região da cabeça, por ter se negado a dar a quantia de 5 reais ao acusado.

O júri popular está previsto para ser iniciado às 9h, com a escolha das sete pessoas que irão compor o corpo de jurados. A sessão será presidida pelo Juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros.

A defesa do réu ficará por conta do defensor público Bruno Sá Andrade. Já a acusação será feita pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte, representado pelo promotor Armando Lúcio Ribeiro.


O CRIME

De acordo com a denúncia do MPRN, baseada nos autos do inquérito policial, no dia do crime, a vítima, Luiz Aldere Alves da Silva, saía de uma mercearia, no bairro Aeroporto, quando foi abordado por Antônio Jefferson pedindo a quantia de 5 reais.

Luiz teria se negado a fornecer o dinheiro e ao virar-se para ir embora, foi atingido pelo agressor na região da cabeça.

O homicídio só não foi consumado, porque a vítima conseguiu fugir. Ele foi socorrido por populares, que o levaram para ser atendido no Hospital Regional Tarcísio Maia.

Diante dos fatos, fica claro para o MPRN que o acusado tinha a intenção de matar a vítima, não tendo concluído o crime por circunstâncias alheias à sua vontade.

Neste caso, a acusação deverá pedir a condenação de Antônio Jefferson por homicídio em sua forma tentada, com as qualificadoras de motivo fútil e cometida à traição.


Notas

Posto JP - Maio de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário