26 SET 2021 | ATUALIZADO 13:50
EDUCAÇÃO
14/09/2021 11:05
Atualizado
14/09/2021 11:05

MEC reabre inscrições no ENEM 2021 para isentos não justificaram ausência na edição 2020

A+   A-  
Esses podem se inscrever na Página do Participante e terão assegurada a isenção da taxa de inscrição. O prazo se encerra às 23h59 do dia 26 de setembro. A medida acontece após decisão do STF, obrigando o Ministério da Educação a reabrir o prazo para requerimento de isenção da taxa de inscrição. Para esse público, as provas do Enem 2021 serão aplicadas em 9 e 16 de janeiro de 2022, juntamente com a realização do Enem para adultos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL).
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 que tiveram direito à isenção e não compareceram às provas terão nova oportunidade para participar da edição 2021 do exame.

Esses participantes poderão se inscrever a partir das 10h desta terça-feira (14), na Página do Participante, e terão assegurada a isenção da taxa de inscrição. O prazo se encerra às 23h59 do dia 26 de setembro.

A medida acontece após decisão do Supremo Tribunal Federal que, no dia 2 de setembro, formou maioria para obrigar o Ministério da Educação (MEC) a reabrir o prazo para requerimento de isenção da taxa do Exame. A ideia é contemplar estudantes ausentes na edição passada que tiveram dificuldades para pedir isenção da taxa de inscrição neste ano, já que o MEC exigiu documento com justificativa para o não comparecimento na prova.

Para esse público, as provas do Enem 2021 serão aplicadas em 9 e 16 de janeiro de 2022, juntamente com a realização do Enem para adultos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL).

A medida foi formalizada em edital complementar do Enem 2021 impresso, publicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta terça-feira, 14 de setembro, no Diário Oficial da União.

Os isentos ausentes no Enem 2020 também poderão solicitar, até 27 de setembro, atendimento especializado e tratamento pelo nome social.

A aplicação das provas nos dias 21 e 28 de novembro de 2021 está mantida para todos os participantes que já tiveram a inscrição confirmada no exame, conforme previsto anteriormente nos editais.

O Inep reforça que o cronograma de aplicação do Enem 2021 para os isentos ausentes na edição 2020 foi planejado de forma a garantir o direito dos participantes de utilizarem o resultado do exame para acesso à educação superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programas do Ministério da Educação (MEC).


Notas

Posto JP - Maio de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário