19 OUT 2021 | ATUALIZADO 18:25
MOSSORÓ
CEZAR ALVES
20/09/2021 12:21
Atualizado
20/09/2021 12:22

Jovem pede ajuda para descobrir doença misteriosa que faz a mãe sentir dores

A+   A-  
“Por favor, ajudem minha mãe”, diz Laisa Luana ao MOSSORÓ HOJE, explicando que a mãe, Antônia Elidimar Lopes, de 46 anos (doméstica), já fez vários exames em Mossoró e não descobriu o que lhe causa dores tão fortes no estômago que chega a desmaiar. Por ter ficado sem ter como trabalhar, não têm recursos nem para se manter. Pede ajuda para custear consultas e exames da mãe em Natal, numa tentativa de descobrir a doença.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

A jovem Laisa Luana, de 25 anos, pede ajuda nas redes sociais para descobrir a doença misteriosa que causa dores em sua mãe, Antônia Elidimar Lopes, de 46 anos.

Elidimar mora na Rua Augusto da Escóssia, no bairro Paredões, em Mossoró-RN, já tendo realizado vários exames em clínicas mossoroenses e não descobriu o que lhe causa dores.

Laisa conta que tem 3 irmãs e que são todas casadas. A mãe recebe os cuidados da irmã Nara Poliana Vieira Lopes, que mora em Natal, e das quatro filhas no que é possível.

Ela conta que Elidimar começou a sentir dores a mais ou menos a 3 anos. Sempre trabalhou como doméstica, mas devido às dores teve de parar de trabalhar.

“São dores fortes no estômago, que, em muitas das vezes, são tão intensas que ela desmaia. Já gastamos tudo que temos com consultas e exames e não descobriram o que é”, diz.

Quando Elidimar sente dores, vai na UPA, toma uma medicação e passa, mas isto é só enquanto dura o efeito da medicação. Logo em seguida volta a sentir dores de novo.

Elidimar Lopes está na casa da irmã, em Natal, aguardando recursos para fazer o exame com um gastroenterologista. “Até já indicaram o dr. Gutemberg, que é especialista”, diz Laisa.

“Só a consulta com o gastroenterologista Gutemberg é R$ 600,00. Estamos pedindo qualquer ajuda para ela se manter e pagar as consultas e exames exigidos pelos médicos”, acrescenta.

“É muito angustiante ver mãe com dores no estômago, desmaiando, e nem ao menos saber que doença é para ir atrás de um tratamento”, lamenta Laisa Luana.

Laisa é casada e até poucos dias estava trabalhando, mas teve que sair para cuidar do filho pequeno (1 ano e 8 meses). As despesas da casa dela são custeadas pelo marido.

Para ajudar Elidimar Lopes

Agência Caixa 2380

Tipo: 013

Conta: 281-14

Nara Poliana Vieira Lopes

Pix 06922343492

“Quem puder ajudar ao menos compartilhando agradeço muito”, escreveu Laisa Luana. Mais informações podem ser obtidas pelo contato: (84) 98152-1717.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário