30 NOV 2021 | ATUALIZADO 17:11
ESTADO
ANNA PAULA BRITO
18/10/2021 18:06
Atualizado
18/10/2021 18:06

Moradores de Serra do Mel fazem protesto por conta da falta de água na Vila Alagoas

A+   A-  
A população queimou pneus na estrada, na tarde desta segunda-feira (18), na entrada de acesso da Vila Alagoas em protesto pela falta de água. Segundo informações de uma moradora, a comunidade está desabastecida há mais de 30 dias. Em contato com o MOSSORÓ HOJE, a Caern informou que Serra do Mel é uma das duas cidades do RN que está em colapso de abastecimento, mas ainda não deu retorno sobre o prazo para a água retornar às torneiras.
Imagem 1 -
FOTO: JEFFERSON

Na tarde desta segunda-feira (18) moradores da Vila Alagoas, no município de Serra do Mel, realizaram um protesto devido a falta de água no local.

O protesto começou às 15h30, na estrada de acesso à comunidade. Populares queimaram e fizeram barricadas para impedir a passagem de veículos. No protesto pediram a saída da Caern do local.

De acordo com a moradora Deocélia Cândido, a Vila Alagoas está sem água há mais de 30 dias e que a população vem sobrevivendo com água de um rio, que existe próximo ao local, e da generosidade de outros moradores que possuem cisterna com estoque de água.

Ela conta que a comunidade era abastecida com água de um poço, doado pela Petrobras. Os próprios moradores teriam comprado o encanamento e realizado a instalação para que a água do poço chegasse às residências.

No entanto, ainda de acordo com Docélia, a Caern teria realizado o corte desta água, deixando a vila desabastecida.

O protesto foi encerrado por volta das 18h, quando a Polícia chegou ao local para negociar com os moradores e o Corpo de Bombeiros iniciou o trabalho para apagar as chamas.

O MOSSORÓ HOJE entrou em contato com Caern, que informou que Serra do Mel é uma das duas cidades do Rio Grande do Norte que estão em colapso de abastecimento.

A reportagem aguarda um retorno sobre a situação específica da Vila Alagoas.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário