25 JAN 2022 | ATUALIZADO 17:11
ECONOMIA
15/11/2021 11:27
Atualizado
15/11/2021 11:35

Anorc espera faturar R$ 50 milhões na retomada da festa do Boi de Parnamirim

A+   A-  
Para a governadora Fátima Bezerra, a Festa do Boi representa a retomada dos grandes eventos no Rio Grande do Norte após o início da pandemia do novo coronavirus. O evento começou no dia 13 e vai até o dia 20, com uma vasta programação de eventos, atraindo crianças e adultos de toda a região da Grande Natal e do interior
Imagem 1 -  Para a governadora Fátima Bezerra, a Festa do Boi representa a retomada dos grandes eventos no Rio Grande do Norte após o início da pandemia do novo coronavirus. O evento começou no dia 13 e vai até o dia 20, com uma vasta programação de eventos, atraindo crianças e adultos de toda a região da Grande Natal e do interior
Para a governadora Fátima Bezerra, a Festa do Boi representa a retomada dos grandes eventos no Rio Grande do Norte após o início da pandemia do novo coronavirus. O evento começou no dia 13 e vai até o dia 20, com uma vasta programação de eventos, atraindo crianças e adultos de toda a região da Grande Natal e do interior
Foto: Frankie Marconi

Até o dia 20 de novembro, está sendo realizado no Parque de Exposições Aristófales Fernandes, em Parnamirim, 59º Festa do Boi, que espera fechar negócios na ordem de R$ 50 milhões na retomada dos grandes eventos presenciais após o início da pandemia.

O evento começou no dia 13, com a presença do vice-governador Antenor Roberto, do procurador-geral do Estado, Luiz Antônio Marinho, e do secretário de Agricultura, da Pecuária da Pesca, Guilherme Saldanha. A governadora Fátima Bezerra estava na Europa.

Ao chegar em território Potiguar, a governadora Fátima Bezerra fez questão de registrar o evento em suas redes sociais, considerando a importância para a economia do Estado.

Foto: Frankie Marcone


“Ontem demos início a 59º edição da Festa do Boi, no Parque Aristófanes Fernandes. Até o dia 20 de novembro o evento será palco de exposições e implementos agrícolas, leilões, julgamento de raças, competições e um opção de lazer para os potiguares”, escreveu.

“É com muita felicidade que anunciamos o retorno desse evento tão importante para o agronegócio do nosso estado. Uma festa que é totalmente permeada pela ciência e tecnologia, fazendo com que a nossa agropecuária ganhe destaque no Nordeste e em todo o Brasil”, acrescentou a governadora Fátima Bezerra.

O governo do RN por meio da Sape montou uma estrutura com o tema “RN QUE DÁ CERTO”. Esse espaço será para os visitantes conhecerem a diversidade produtiva do campo potiguar e vai contar com uma ampla programação até o dia 20 próximo.

A governadora Fátima Bezerra considera que a Festa do Boi marca a retomada dos grandes eventos no Rio Grande do Norte e o início da superação da pandemia ocasionada pelo novo coronavirus, porém ressalta a necessidade de continuarmos atentos aos cuidados sanitários.

“A retomada da Festa do Boi é um importante avanço na superação da pandemia, mas ainda com todos os cuidados de biossegurança. Seguimos fortalecendo nossas potencialidades no campo da agropecuária e umas das festas mais tradicionais do nosso estado”, diz.


“A realização de um evento desta magnitude indica que estamos no caminho certo, pois representa um importante avanço na superação da pandemia, tomando todos os cuidados necessários para a prevenção da Covid-19. Além disso, a Festa do Boi é um evento que tem a parte lúdica, tem a parte do show, da exposição, mas que é totalmente permeada pela ciência e tecnologia, fazendo com que a nossa agropecuária ganhe destaque no nordeste e em todo o Brasil.”, ressaltou o governador em exercício, Antenor Roberto.

 “Estamos muito felizes com a retomada da Festa do Boi de forma presencial. Esse evento é grandioso e movimenta milhões para o agronegócio potiguar. É chegado o momento de olhar para frente e seguir trabalhando. É claro que tomando todos os cuidados e seguindo os protocolos de biossegurança estabelecidos. O nosso desejo é de que tenhamos uma festa de paz e ótimos negócios fechados”, afirmou o titular da Secretaria Estadual de Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Guilherme Saldanha.

“Este não tem sido um ano fácil. Vivemos uma seca persistente e que tem sacrificado ainda mais o setor rural. Mas estamos focados neste imprescindível movimento de retomada da economia após um castigo triste da pandemia, que tantas vidas ceifou. E queremos que a Festa do Boi 2021 seja um dos ícones desta retomada”, afirmou o presidente da Anorc, Marcelo Passos.

Este ano, o Governo do Estado por meio da Secretaria Estadual de Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape-RN) montou uma estrutura com o tema “RN QUE DÁ CERTO” apresentando todo o seu leque de projetos e ações, com resultados de encher os olhos. A Sape irá ocupar um espaço novo, localizado ao lado da pista de julgamentos e da sede da Anorc, para apresentar todo o potencial econômico do agronegócio potiguar e o suporte que vem sendo dado a cada uma de suas vertentes. O espaço será dividido em ilhas setoriais, entre elas, a fruticultura, a pecuária e o camarão. Desta forma, o visitante poderá fazer um passeio pela diversidade produtiva do campo potiguar e conhecer um pouco mais do “RN QUE DÁ CERTO”.

A programação científica do Governo do Estado contará com palestras que serão ministradas pelos técnicos e pesquisadores da Empresa de Pesquisas Agropecuárias do Rio Grande do Norte (Emparn), entre elas Circuito Fazendinha, Cadeia da Mandioca e Aves Caipiras. Além disso, a programação conta com a entrega de tratores e implementos agrícolas. A Central de Abastecimento do RN (Ceasa) também marcará presença na Festa do Boi. No espaço a Ceasa apresentará suas ações com destaque para o Programa Cesta Solidária, que oferece alimentos para famílias carentes e instituições de caridade por meio de doações dos permissionários. Além disso, o estande vai oferecer frutas e sucos para degustação dos visitantes.

A Festa do Boi é promovida pela Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc) em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Agricultura, da Pecuária e da Pesca. Também são parceiros: Sebrae, Assembleia Legislativa, Prefeitura de Parnamirim, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, AGN, Ministério da Agricultura, Federação da Agricultura do RN, Senar, Fecomércio, Idiarn, Emparn e Emater.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário