30 NOV 2021 | ATUALIZADO 18:24
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
25/11/2021 17:25
Atualizado
25/11/2021 17:37

Mães das UEIs Izabel Macedo e Maria das Dores rebatem críticas sobre falta de estrutura

A+   A-  
O MOSSORÓ HOJE foi procurado por mães de alunos das duas Unidades de Educação Infantil afirmando serem falsas as denúncias sobre a falta de estrutura dos locais. As duas UEIs foram transferidas para novo prédio este ano que, segundo as mães, possui estrutura de qualidade para receber as crianças. “Eu tenho a felicidade de deixar minha filha em uma escola estruturada, porque saiu uma fake news dizendo que não era, isso é mentira. Não sou lado A e nem lado B de política, mas a verdade tem que ser dita”, diz Luciana Rodrigues, mãe de uma estudante da UEI Izabel Macedo.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDAS

Recentemente circularam pelas redes sociais supostas denúncias de pais de estudantes da Unidades de Educação Infantil de Mossoró, Izabel Macedo Barreto e Maria das Dores Almeida Barreto que tiveram suas estruturas realocadas em novo prédio pela Secretaria de Educação do município, neste ano de 2020.

O objetivo da mudança foi oferecer melhor estrutura e qualidade para receber as crianças da volta às aulas, após quase dois anos sem ensino presencial, em virtude da pandemia da covid-19.

As duas UEIs, antes localizadas em prédios dos bairros Bom Jardim e Barrocas, foram transferidas para um mesmo prédio, no bairro Barrocas. O local, onde antes funcionava uma escola particular, foi arrendado pela Prefeitura de Mossoró.

Conforme as denúncias, o local não teria estrutura para receber as duas unidades simultaneamente e as crianças estariam sendo prejudicadas.

Ao tomarem conhecimento sobre estas informações, mães de alunos das duas unidades procuraram a reportagem do Portal Mossoró, a fim de desmentir o fato e dar um depoimento sobre as novas condições de ensino.

Uma delas, a secretária Luciana Rodrigues, mãe de Sarah Receba, de 3 anos, que estuda da Izabel Macedo, afirmou falar sobre falta de estrutura, quando está claro que as crianças foram colocadas em um prédio maravilhoso.

“Eu tenho a felicidade de deixar minha filha em uma escola estruturada, porque saiu uma fake news dizendo que não era, isso é mentira. A escola tem um ambiente maravilhoso, casa escola tem o seu banheiro limpo, tem o seu gelágua, tem uma central, as professoras excelentes, a diretora também, então eu só tenho a agradecer a secretaria e ao prefeito. Não sou lado A e nem lado B de política, mas a verdade tem que ser dita”, diz.

Luciana conta que agora os pais também estão tendo a oportunidade de ir trabalhar e deixar as crianças com segurança, podendo acompanhar por whatsapp junto aos professores como as crianças estão.

Ela conta que há anos a estrutura da unidade era a mesma e não passavam, sequer, por uma reforma. Lembra que ela, assim como o esposo e o filho mais velho, foi aluna desta mesma UEI, no antigo prédio.

“Pra você tem uma ideia, a parte da escola que era uma areazinha de lazer para as crianças,para recreação, essas coisas, já não existia mais, porque a dona do prédio havia feito casas para alugar. Então quer dizer, diminui a escola, onde as crianças teriam espaço para brincar, espaço para se divertir e reforma que era bom, nunca teve, porque do mesmo jeito que era, tava lá o prédio. Então esse prédio novo foi uma ótima ideia, com ótima estrutura para as crianças”, conta.

Sarah Reijane, mãe de Benjamim Édno, de 2 anos e 10 meses, conta que o retorno na UEI Izabel Macedo foi extremamente organizado e parabenizou a diretora e os professores.

“Meu filho é um menino que fala tudo, ele entende tudo, então ele dizia ‘mamãe, eu quero ir pra icola’ e quando chegou na escola, ele se encantou. Muita crianças chorando e ele dando ‘tchau, mamãe’. Então isso foi muito interessante, a escola muito organizada, a direção tá de parabéns, as professoras, o porteiro, todo com muita educação e gentileza para receber o seu filho e você saber que você vai deixar ele ali e vai ficar bem cuidado. Elas também mandam fotos, a salinha muito organizada”, diz.

Sarah diz que compara a nova estrutura e esse acolhimento, inclusive, com uma escola de rede privada.

“A criancinha chega, é recebida, bem acolhida, a escola tem uma estrutura que você não tem do que falar. Tem o parquinho, tem o castelinho, salas com centrais de ar. Ontem, quando eu fui pegar o meu bebê, tava chegando o lanche do outro dia, eu vi as coisas novinhas, bolo novo, pães novos, então isso tá de parabéns, eu só tenho que dizer que estou maravilhada”.

Ela reforçou que a informação sobre a falta de estrutura é falsa, visto que basta uma visita ao prédio antigo e o novo para verificar que é uma realidade totalmente diferente.

O MOSSORÓ HOJE também conversou com as professoras das unidades. Segundo elas, a principal diferença é com relação ao espaço físico, que foi ampliado, possibilitando a realização de atividades com as crianças. Antes os trabalhos eram realizados no prédio da escola Felício de Moura.

Outra professora lembra que agora as crianças também dispõem de equipamentos para trabalhar a coordenação motora.

A Diretora da UEI Izabel Macedo Barreto, Maria Juliana, diz que se sente extremamente realizada em ouvir esses depoimentos, pois foi algo que ela percebeu desde que assumiu a missão de gerir a unidade.

“No primeiro dia que eu cheguei como gestora, a primeira coisa que eu olhei foi os espaços. Foram as salas, foi a cozinha, foram os banheiros e, infelizmente, eu encontrei salas muito pequenas, eram climatizadas, mas o teto estava com infiltração, a parte elétrica estava exposta, a parte hidráulica tava exposta, uma calamidade. A cozinha não tinha estrutura para fazer uma alimentação adequada para as crianças, não tinha um pátio onde elas pudessem brincar. O refeitório onde as crianças se alimentavam era o mesmo ambiente para realização de atividades lúdicas e muitos professores reclamavam que não tinha espaço para fazer uma atividade diferente, tudo muito pequeno e apertado”, conta.

A reportagem ainda teve acesso a imagens comparativas entre a estrutura antiga e a nova, onde agora funcionam as duas UEIs. Confira abaixo.

NOVA ESTRUTURA


ESTRUTURA ANTIGA


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário