13 AGO 2022 | ATUALIZADO 19:21
MOSSORÓ
02/12/2021 14:32
Atualizado
02/12/2021 14:48

Secretária e coordenador do PNI alertam para desperdicio de doses devido ao atraso na vacinação

A+   A-  
Durante entrevista nesta quinta-feira (02) ao programa Cidade em Debate da rádio Difusora, a secretara de saúde Morgana Dantas e o coordenador de imunização, Etevaldo de Lima disseram estar preocupados com o crescente número de pessoas que ainda não tomaram nenhuma das doses e que estão em atraso com a vacinação. Segundo Etevaldo corre-se o risco das doses se perderem devido à falta das pessoas em procurar a imunização. Em Mossoró mais de 26 mil pessoas ainda não tomaram nenhuma dose da vacina contra covid, destes, 7.712 adolescentes não iniciaram seu esquema vacinal.
Imagem 1 -

A Prefeitura de Mossoró segue levando a vacinação da Covid-19 até a população. Desde o dia 20 de novembro o município vem formando parcerias com o objetivo de disponibilizar pontos extras de vacinação.

Durante entrevista nesta quinta-feira (02) ao programa Cidade em Debate da rádio Difusora, a secretara de saúde Morgana Dantas e o coordenador de imunização, Etevaldo de Lima disseram estar preocupados com o crescente número de pessoas que ainda não tomaram nenhuma das doses e que estão em atraso com a vacinação.

Segundo Etevaldo corre-se o risco das doses se perderem devido à falta das pessoas em procurar a imunização.

“Nossa preocupação é com o público que está com a segunda dose em atraso, só do imunizante da pfizer são mais de 10 mil pessoas que não buscaram a vacinação e corremos o risco de perder as doses, então fazemos um apelo para que as pessoas procurem e aproveitem os pontos extras para tomar a vacina”, explicou.

Etevaldo disse ainda que para evitar a perda de doses, o município está disponibilizando as vacinação nas Unidades Básicas de Saúde através de agendamento.

“Estamos com todas as UBSs abertas e orientadas a fazer a vacinação através do agendamento justamente pra não ter desperdício de doses, também estamos com a vacinação em pontos itinerantes por toda cidade, e também na zona rural, temos vacinas o que está faltando é uma parte da população buscar sua proteção”, frisa o coordenador.

Em Mossoró mais de 26 mil pessoas ainda não tomaram nenhuma dose da vacina contra covid, destes, 7.712 adolescentes não iniciaram seu esquema vacinal.

“Nós temos hoje mais de 90% da população acima de 18 anos imunizada com a primeira dose, já entre os adolescentes acima de 12 anos, temos uma média de 75% desse público com a primeira dose, isso indica que nessa faixa de adolescentes é onde estamos enfrentando a dificuldade com a vacinação, então precisamos do apoio dos pais, para que levem seus filhos para tomar a primeira dose e também a segunda dose, pois já temos um número muito grande desse público em atraso”, comenda Morgana Danta secretária de saúde.

Hoje dois pontos extras estão sendo disponibilizados para a vacinação da Covid e da Influenza. Um dos pontos está acontecendo no Atacadão, em frente ao Partage Shopping, onde a vacinação acontece o dia todo das 8h às 16h. E na Farmácia Pague Menos da Leste-Oeste, onde a vacinação acontecerá das 13h às 17h.

Nesta sexta-feira (03), às 15h, será o início da vacinação no estande que ficará instalado ao lado da Catedral de Santa Luzia até o dia 12. Esse ponto extra é uma parceria do município com a Diocese de Santa Luzia. O objetivo é continuar garantindo mais acesso às vacinas para os mossoroeses. No local a vacinação acontecerá das 15h às 22h.

Além do lançamento do ponto de vacinação na Festa de Santa Luzia, nesta sexta-feira outros pontos extras também serão instalados: No PAM do Bom Jardim, das 7h30 às 11h; no supermercado Cidade, da 12 Anos, das 8h às 12h; e supermercado Cidade do Abolição IV, das 8h às 13h.

VACINAS DA COVID-19 DISPONÍVEIS EM MOSSORÓ:

• Coronavac/Butantan: Disponível para 1ª dose a partir de 18 anos ou mais e para a 2ª dose a partir de 28 dias da 1ª dose;

• AstraZeneca/Oxford/Fiocruz: Disponível para 2ª dose a partir de 56 dias da 1ª dose;

• Pfizer: Disponível para a 1ª dose para crianças e adolescentes de 12 a 17 anos e 2ª dose para quem tomou a 1ª dose há 56 dias;

• Dose de reforço (3ª dose): Disponível para os trabalhadores da Saúde da rede pública e privada e para a população em geral a partir de 30 anos ou mais, que concluíram o esquema básico com a 2ª dose há 5 meses, e a dose adicional para os pacientes imunossuprimidos (Em tratamento …).

• OBS: O município ainda não dispõe em sua rede de saúde do imunizante da Janssen. Aguardando o envio das doses por parte do Ministério da Saúde, para iniciar o reforço do público que recebeu esse imunizante.


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário