11 AGO 2022 | ATUALIZADO 17:30
VARIEDADES
ANNA PAULA BRITO
16/03/2022 17:18
Atualizado
17/03/2022 09:59

Mulher dá à luz dentro de viatura da PM enquanto era levada ao hospital, em Luís Gomes

A+   A-  
Darli Cristina de Souza entrou em trabalho de parto durante a madrugada desta quarta-feira (16). A mulher foi levada às pressas, em uma viatura da Polícia Militar, para o hospital da cidade, mas Davila Rayane, nome que os pais escolheram para o bebê, acabou nascendo pouco antes de dar entrada na unidade de saúde.
Imagem 1 -  Mulher dá à luz dentro de viatura da PM enquanto era levada ao hospital, em Luís Gomes. Darli Cristina de Souza entrou em trabalho de parto durante a madrugada desta quarta-feira (16). A mulher foi levada às pressas, em uma viatura da Polícia Militar, para o hospital da cidade, mas Davila Rayane, nome que os pais escolheram para o bebê, acabou nascendo pouco antes de dar entrada na unidade de saúde.
Mulher dá à luz dentro de viatura da PM enquanto era levada ao hospital, em Luís Gomes. Darli Cristina de Souza entrou em trabalho de parto durante a madrugada desta quarta-feira (16). A mulher foi levada às pressas, em uma viatura da Polícia Militar, para o hospital da cidade, mas Davila Rayane, nome que os pais escolheram para o bebê, acabou nascendo pouco antes de dar entrada na unidade de saúde.
FOTO: CEDIDA

Uma mulher deu à luz dentro de uma viatura da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, na madrugada desta quarta-feira (16), no município de Luís Gomes, no alto oeste do estado.

O caso aconteceu por volta das 3h. Segundo o Sargento Adalberto, que participou da ocorrência, a guarnição fazia uma ronda na região do Centro, quando um homem, conhecido como Diogo, a abordou pedindo ajuda para a esposa, que estava grávida e sentia dores.

Os policiais foram até a casa e colocaram Darli Cristina de Souza dentro da viatura. O Sargento conta que são cerca de 2 km da casa do casal até o hospital.

Ele explicou que a viatura foi o mais rápido que pôde, mas Darli, que já estava em trabalho de parto, acabou dando à luz a uma menina, dentro do veículo, com a ajuda dos próprios policiais militares.

Chegando à unidade de saúde, mãe e filha foram recebidas pela equipe de enfermagem, que concluiu os procedimentos ligados ao parto.

O Sargento Adalberto, que tem 24 anos de serviços prestados à PM do Rio Grande do Norte, contou que foi a primeira vez que algo tão inusitado aconteceu com ele.

“Foi uma surpresa pra gente. A gente não tinha passado por isso, fiquei um pouco nervoso, mas graças a Deus, deu certo. Ela nasceu pouco antes de chegar ao hospital, mas rapidamente foi recebida pelas enfermeiras e ficou tudo bem com elas. Isso é gratificante para nossa profissão tão difícil”, disse o policial.

Davila Rayane, nome que os pais escolheram para o bebê, nasceu saudável e passa bem. Assim como a mãe Darli.

Participaram da ocorrência as guarnições de Luís Gomes, Paraná e Major Sales.


Notas

UNP 27 de junho de 2022

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário