30 MAI 2024 | ATUALIZADO 07:44
ECONOMIA
23/08/2023 10:52
Atualizado
23/08/2023 10:53

Expofruit começa nesta quarta (23), em Mossoró; R$ 80 milhões em negócios devem ser movimentados

A+   A-  
A expectativa este ano é receber um público de cerca de 30 mil pessoas. O evento é considerado o mais importante no segmento da fruticultura irrigada. Durante a abertura da Expofruit 2023, programada para às 18h, na Estação das Artes, a governadora do Estado, professora Fátima Bezerra assinará o Decreto que institui o Plano Estadual de Agricultura de Baixo Carbono (ABC+RN). “A Expofruit é o grande catalisador das ações e iniciativas em prol do setor da fruticultura no Rio Grande do Norte. A fruticultura é a grande locomotiva do agronegócio potiguar e, apesar disso, ainda tem muito o que crescer”, enfatizou Guilherme Saldanha, titular da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape RN).
Imagem 1 -  Expofruit começa nesta quarta (23), em Mossoró; R$ 80 milhões em negócios devem ser movimentados. A expectativa este ano é receber um público de cerca de 30 mil pessoas. O evento é considerado o mais importante no segmento da fruticultura irrigada. Durante a abertura da Expofruit 2023, programada para às 18h, na Estação das Artes, a governadora do Estado, professora Fátima Bezerra assinará o Decreto que institui o Plano Estadual de Agricultura de Baixo Carbono (ABC+RN). “A Expofruit é o grande catalisador das ações e iniciativas em prol do setor da fruticultura no Rio Grande do Norte. A fruticultura é a grande locomotiva do agronegócio potiguar e, apesar disso, ainda tem muito o que crescer”, enfatizou Guilherme Saldanha, titular da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape RN).
Expofruit começa nesta quarta (23), em Mossoró; R$ 80 milhões em negócios devem ser movimentados. A expectativa este ano é receber um público de cerca de 30 mil pessoas. O evento é considerado o mais importante no segmento da fruticultura irrigada. Durante a abertura da Expofruit 2023, programada para às 18h, na Estação das Artes, a governadora do Estado, professora Fátima Bezerra assinará o Decreto que institui o Plano Estadual de Agricultura de Baixo Carbono (ABC+RN). “A Expofruit é o grande catalisador das ações e iniciativas em prol do setor da fruticultura no Rio Grande do Norte. A fruticultura é a grande locomotiva do agronegócio potiguar e, apesar disso, ainda tem muito o que crescer”, enfatizou Guilherme Saldanha, titular da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape RN).
FOTO: REPRODUÇÃO

Com o tema “A riqueza das nossas frutas conquistando o mundo” começa nesta quarta-feira (23) e segue até a próxima sexta (25), na Estação das Artes, em Mossoró, a 30ª edição do evento brasileiro mais importante no segmento da fruticultura irrigada, a Expofruit 2023 – Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada.

A expectativa este ano é receber um público de cerca de 30 mil pessoas e movimentar em torno de R$ 80 milhões em negócios.

Durante a abertura da Expofruit 2023, programada para ser realizada na quarta-feira, dia 23, às 18h, a governadora do Estado, professora Fátima Bezerra assinará o Decreto que institui o Plano Estadual de Agricultura de Baixo Carbono (ABC+RN).

O plano é uma política pública que apresenta o detalhamento das ações de mitigação e adaptação às mudanças do clima para o setor agropecuário. O grupo gestor, que será responsável pela implementação do Plano ABC+RN, será estabelecido mediante ato administrativo da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape RN).

Na Expofruit 2023, o Governo do Estado, por meio da Sape RN, estará com um estande que destaca toda a força e relevância do setor agropecuário como um todo para a economia do estado.

No espaço Secretarias e órgãos governamentais como, Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (Idiarn), Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Secretaria de Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf) estarão com ações e experiências exitosas na área da fruticultura.

O titular da Sape, Guilherme Saldanha, destacou a importância da Expofruit 2023 no cenário econômico estadual.

“A Expofruit é o grande catalisador das ações e iniciativas em prol do setor da fruticultura no Rio Grande do Norte. O Governo do Estado por meio da Sape, sempre se faz presente e ocupa todos os espaços possíveis na feira. A fruticultura é a grande locomotiva do agronegócio potiguar e, apesar disso, ainda tem muito o que crescer”, enfatizou Saldanha.

A Expofruit 2023 é uma realização do COEX - Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte, do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (Sebrae/RN), da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), da Promoexpo e conta com o apoio do Governo do Estado.

Emparn e Idiarn na Expofruit 2023

Durante a 30ª edição da Expofruit, a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (EMPARN) lançará o “Comunicado Técnico” Cajueiro Anão Precoce: Desenvolvimento e indicação de clones para o Rio Grande do Norte. Na oportunidade haverá com palestra: “Caju - Estratégia de Biorrefinaria para o Semiárido” com Dr. Gustavo Adolfo Saavedra Pinto (Chefe da Embrapa Agroindústria Tropical). A palestra será no dia 24 de agosto, às 14h30.

Já o IDIARN realiza o 29º curso de Certificação Fitossanitária de Origem-CFO/CFOC, com o público alvo destinado a engenheiros agrônomos que pretendem ser habilitados junto ao órgão para emissão do CFO, e responsáveis técnicos das empresas produtoras de melão na área livre da mosca-das-frutas no RN. CFO/CFOC são documentos oficiais que comprovam a condição fitossanitária da origem de um produto agrícola ou de suas partes com o objetivo de prevenir a disseminação de pragas dentro do estado.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário