19 JUN 2024 | ATUALIZADO 09:17
POLÍCIA
15/11/2023 19:39
Atualizado
15/11/2023 19:42

Comerciante e pecuarista é morto a tiros na zona rural de Viçosa-RN

A+   A-  
Francisco Eudes, que já foi proprietário de supermercado em Taboleiro Grande, estava morando na pequena cidade de Viçosa e tinha como rotina, todos os dias, ordenhar seu rebanho na zona rural. Nesta quarta-feira, 15, foi surpreendido e assassinado com tiros na cabeça. O caso será investigado pela Polícia Civil de Portalegre.
Imagem 1 -  Francisco Eudes, que já foi proprietário de supermercado em Taboleiro Grande, estava morando na pequena cidade de Viçosa e tinha como rotina, todos os dias, ordenhar seu rebanho na zona rural. Nesta quarta-feira, 15, foi surpreendido e assassinado com tiros na cabeça. O caso será investigado pela Polícia Civil de Portalegre.
Francisco Eudes, que já foi proprietário de supermercado em Taboleiro Grande, estava morando na pequena cidade de Viçosa e tinha como rotina, todos os dias, ordenhar seu rebanho na zona rural. Nesta quarta-feira, 15, foi surpreendido e assassinado com tiros na cabeça. O caso será investigado pela Polícia Civil de Portalegre.

O comerciante e pecuarista Francisco Eudes de Almeida, de 61 anos, foi morto com tiros na cabeça, no início da manhã desta quarta-feira, 15, em sua propriedade, na zona rural de Viçosa, no Oeste do Rio Grande do Norte.

Os familiares relataram a Polícia Militar de Viçosa que Eudes, como é mais conhecida a vítima, tinha como rotina diária, ordenhar as vacas em sua propriedade. Saía sempre ao clarear do dia para o trabalho em sua propriedade.

Considerando o local que foi baleado e as marcas dos tiros, os policiais acreditam que os atiradores já o aguardavam no local usando armas de grosso calibre. Ele não teria tido chance de defesa, em função do fator surpresa.

A Polícia Civil foi acionada, juntamente com a equipe do ITEP, para periciar o local da ocorrência e remover o corpo para exames em Pau dos Ferros. O caso será investigado pela Delegacia de Portalegre, que fica perto.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário