19 JUN 2024 | ATUALIZADO 09:17
POLÍTICA
22/11/2023 17:13
Atualizado
22/11/2023 17:13

Isolda realiza audiência em Mossoró para debater a Cajucultura

A+   A-  
O debate acontece na próxima sexta-feira (24), a partir das 14h, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró. “O tema sobre a Cajucultura é extremamente relevante. Quem está por dentro da realidade da região Oeste sabe que esse setor é fundamental para muitas famílias locais”, disse a deputada Isolda Dantas, ao propor o tema.
Imagem 1 -  Isolda realiza audiência em Mossoró para debater a Cajucultura. O debate acontece na próxima sexta-feira (24), a partir das 14h, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró.  “O tema sobre a Cajucultura é extremamente relevante. Quem está por dentro da realidade da região Oeste sabe que esse setor é fundamental para muitas famílias locais”, disse a deputada Isolda Dantas, ao propor o tema.
Isolda realiza audiência em Mossoró para debater a Cajucultura. O debate acontece na próxima sexta-feira (24), a partir das 14h, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró. “O tema sobre a Cajucultura é extremamente relevante. Quem está por dentro da realidade da região Oeste sabe que esse setor é fundamental para muitas famílias locais”, disse a deputada Isolda Dantas, ao propor o tema.

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) propôs audiência pública para debater a Cajucultura do estado. O debate acontece na próxima sexta-feira (24), a partir das 14h, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró.

Para o evento foram convidadas entidades governamentais como Secretaria de Agricultura e Pesca, EMATER, SEDRAF, EMPARN, Secretaria de Tributação, representação do Comitê Estadual de Cajucultura, MST e as universidades UERN e UFERSA.

“O tema sobre a Cajucultura é extremamente relevante. Quem está por dentro da realidade da região Oeste sabe que esse setor é fundamental para muitas famílias locais. Propusemos o debate para, em coletivo, juntar forças e fortalecer as políticas públicas dessa cadeia produtiva. Queremos debater e encontrar soluções juntos para essa produção que não para e faz a economia girar”, disse a deputada.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário