13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
ECONOMIA
11/01/2024 11:02
Atualizado
11/01/2024 11:02

Mais de 2,7 mil pessoas já renegociaram dívidas do Fies no RN

A+   A-  
A quantia renegociada no estado supera R$ 112,3 milhões. Em todo o país, desde o lançamento do “Desenrola do Fies”, há dois meses, cerca de 164,5 mil pessoas já foram beneficiadas com descontos, que podem chegar a 99%. Os acordos, nesse período, totalizam mais de R$ 7,6 bilhões renegociados, que geraram um retorno de R$ 338 milhões aos cofres públicos até o momento.
Imagem 1 -  Mais de 2,7 mil pessoas já renegociaram dívidas do Fies no RN. A quantia renegociada no estado supera R$ 112,3 milhões. Em todo o país, desde o lançamento do “Desenrola do Fies”, há dois meses,  cerca de 164,5 mil pessoas já foram beneficiadas com descontos, que podem chegar a 99%. Os acordos, nesse período, totalizam mais de R$ 7,6 bilhões renegociados, que geraram um retorno de R$ 338 milhões aos cofres públicos até o momento.
Mais de 2,7 mil pessoas já renegociaram dívidas do Fies no RN. A quantia renegociada no estado supera R$ 112,3 milhões. Em todo o país, desde o lançamento do “Desenrola do Fies”, há dois meses, cerca de 164,5 mil pessoas já foram beneficiadas com descontos, que podem chegar a 99%. Os acordos, nesse período, totalizam mais de R$ 7,6 bilhões renegociados, que geraram um retorno de R$ 338 milhões aos cofres públicos até o momento.

Dois meses após o lançamento do “Desenrola do Fies”, ação do governo federal para a renegociação de dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), cerca de 164,5 mil pessoas já foram beneficiadas com descontos, que podem chegar a 99%.

Os acordos, nesse período, totalizam mais de R$ 7,6 bilhões renegociados, que geraram um retorno de R$ 338 milhões aos cofres públicos até o momento.

Somente no Rio Grande do Norte 2.753 contratos já foram renegociados, numa quantia que chega R$ 112.350.903,25.

Executada pelo Ministério da Educação (MEC), em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a iniciativa oferece condições atrativas para aqueles que possuem débitos relacionados a contratos celebrados até 2017, em fase de pagamento e com inadimplência registrada até 30 de junho de 2023.

O diferencial da medida é a possibilidade de descontos expressivos no valor consolidado da dívida, que seguem critérios estabelecidos na Lei n. 14.719/2023, variando entre 77%, 92% e 99%. Quanto aos juros, o abatimento pode ser integral, ou seja, até 100%.

A renegociação do Fies visa auxiliar 1,2 milhão de brasileiros que enfrentam dificuldades financeiras devido a débitos junto ao Fundo. Com isso, promove-se a equidade no acesso ao ensino superior, assim como o alívio do ônus financeiro que muitos estudantes e ex-estudantes suportam.

Os pedidos de renegociação ou simulação devem ser feitos junto ao banco com o qual o contrato foi firmado: Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal. Todo o processo pode ser realizado de forma virtual, por meio dos aplicativos dos bancos, e o prazo para a solicitação vai até 31 de maio de 2024.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário