13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
EDUCAÇÃO
14/02/2024 10:51
Atualizado
14/02/2024 10:51

Pesquisadores da Ufersa vão realizar projeto sobre “Saúde Única” em 18 escolas de Mossoró

A+   A-  
As ações terão início em março, em unidades de educação básica, e serão financiadas pela Capes por um período de três anos. No total, serão investidos R$ 205 mil no projeto. “Iremos trabalhar o tema da Saúde Única a partir de diferentes perspectivas como, por exemplo, as zoonoses que afetam tanto animais como seres humanos”, afirma o professor e pesquisador Marlon Feijó, do departamento de Departamento de Ciências Agronômicas e Florestais do campus de Mossoró.
Imagem 1 -  Pesquisadores da Ufersa vão realizar projeto sobre “Saúde Única” em 18 escolas de Mossoró. As ações terão início em março, em unidades de educação básica, e serão financiadas pela Capes por um período de três anos. No total, serão investidos R$ 205 mil no projeto. “Iremos trabalhar o tema da Saúde Única a partir de diferentes perspectivas como, por exemplo, as zoonoses que afetam tanto animais como seres humanos”, afirma o professor e pesquisador Marlon Feijó, do departamento de Departamento de Ciências Agronômicas e Florestais do campus de Mossoró.
Pesquisadores da Ufersa vão realizar projeto sobre “Saúde Única” em 18 escolas de Mossoró. As ações terão início em março, em unidades de educação básica, e serão financiadas pela Capes por um período de três anos. No total, serão investidos R$ 205 mil no projeto. “Iremos trabalhar o tema da Saúde Única a partir de diferentes perspectivas como, por exemplo, as zoonoses que afetam tanto animais como seres humanos”, afirma o professor e pesquisador Marlon Feijó, do departamento de Departamento de Ciências Agronômicas e Florestais do campus de Mossoró.

Com a proposta de divulgar o conceito de “Saúde Única” por meio de atividades teóricas e práticas no ambiente escolar, pesquisadores da Universidade Federal Rural do Semi-árido (Ufersa) irão executar um projeto interdisciplinar de extensão em 18 escolas de educação básica de Mossoró. As ações terão início em março desde ano e serão financiadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) por um período de três anos. No total, serão investidos R$ 205 mil no projeto.

“Iremos trabalhar o tema da Saúde Única a partir de diferentes perspectivas como, por exemplo, as zoonoses que afetam tanto animais como seres humanos”, afirma o professor e pesquisador Marlon Feijó, do departamento de Departamento de Ciências Agronômicas e Florestais do campus de Mossoró.

“Teremos também discussões no campo do Direito e como ele se relaciona com a Saúde Única, bem como a Matemática, o Meio Ambiente, as Tecnologias…”, enumera.

O projeto “A Saúde Única voltada ao Desenvolvimento Sustentável no Semiárido do Nordeste do Brasil: Ações e Perspectivas no Ambiente Escolar” conta com a participação de cinco programas de pós-graduação da Ufersa: Ciência Animal (PPGCA); Ambiente, Tecnologia e Sociedade (PPGATS); Interdisciplinar em Cognição, Tecnologias e Instituições (PPGCTI); Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) e Direito (PPGD).

Entre as atividades previstas estão seminários, oficinas, cursos de extensão, rodas de conversas e práticas restaurativas, com o objetivo de desenvolver pesquisas de alto impacto social, cultural, humano e ambiental. Além dos estudantes da educação básica, as ações vão envolver professores, familiares e comunidades circunvizinhas.

Saúde Única

O termo “Saúde Única” ou “Uma Só Saúde” é uma tradução do inglês “One Health”. A expressão faz referência a uma abordagem multidisciplinar e integrada que considera a a conexão entre a saúde humana, animal, vegetal e ambiental.

Trata ainda do do incentivo à comunicação, à cooperação e à coordenação entre diferentes disciplinas, profissionais, instituições e setores para fornecer soluções mais efetivas e abrangentes.

A proposta é ultrapassar fronteiras disciplinares, setoriais e geográficas, por meio da identificação de soluções sustentáveis que promovam a saúde humana, animal e vegetal, incluindo também o meio ambiente e seus diversos ecossistemas. Saiba mais aqui.

Escolas contempladas em Mossoró

– Escola Municipal André Luiz

– Escola Municipal Heloisa Leão de Moura

– Escola Municipal Nossa Senhora das Graças

– Escola Municipal Professor Francisco Morais Filho

– Escola Municipal Antônio Soares de Aquino

– Escola Municipal Monsenhor Mota

– Escola Municipal Professor Antônio Amorim

– Escola Municipal Marineide Pereira da Cunha

– Escola Municipal São Romão

– Escola Estadual Disneylândia

– Escola Estadual Antônio Bezerra de Sales

– Centro Estadual de Capacitação de Educadores e Atendimento ao Surdo de Mossoró

– Escola Estadual Abolição IV

– Escola Estadual Padre Satiro

– Escola Estadual Antônio Bezerra de Sales

– Escola Estadual Alfa Ville

– Escola Estadual Manoel Justiniano de Melo

– Escola de Tempo Integral Cardeal Câmara


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário