13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
POLÍCIA
23/02/2024 17:52
Atualizado
23/02/2024 18:24

Força-tarefa prende irmão de um dos fugitivos da Penitência Federal de Mossoró, no Acre

A+   A-  
A prisão aconteceu na manhã desta sexta-feira (23). O indivíduo, identificado como Johnney Weyd Nascimento da Silva, de 40 anos, condenado por roubo e participação em organização criminosa e que estava com mandado de prisão em aberto. Johnney é irmão de Deibson Cabral Nascimento, conhecido como “Deisinho” ou “Tatu”. Os policiais chegaram até ele em virtude das investigações acerca da fuga de Deybson e de Rogério da Silva Mendonça, da penitenciária federal de Mossoró na madrugada de 14 de fevereiro.
Imagem 1 -  A prisão aconteceu na manhã desta sexta-feira (23). O indivíduo, identificado como Johnney Weyd Nascimento da Silva, de 40 anos, condenado por roubo e participação em organização criminosa e que estava com mandado de prisão em aberto. Johnney  é irmão de Deibson Cabral Nascimento, conhecido como “Deisinho” ou “Tatu”.  Os policiais chegaram até ele em virtude das investigações acerca da fuga de Deybson e de  Rogério da Silva Mendonça, da penitenciária federal de Mossoró na madrugada de 14 de fevereiro.
A prisão aconteceu na manhã desta sexta-feira (23). O indivíduo, identificado como Johnney Weyd Nascimento da Silva, de 40 anos, condenado por roubo e participação em organização criminosa e que estava com mandado de prisão em aberto. Johnney é irmão de Deibson Cabral Nascimento, conhecido como “Deisinho” ou “Tatu”. Os policiais chegaram até ele em virtude das investigações acerca da fuga de Deybson e de Rogério da Silva Mendonça, da penitenciária federal de Mossoró na madrugada de 14 de fevereiro.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Acre (FICCO/AC) prendeu na manhã desta sexta-feira (23), um indivíduo identificado como Johnney Weyd Nascimento da Silva, de 40 anos, condenado por roubo e participação em organização criminosa e que estava com mandado de prisão em aberto.

Johnney  é irmão de Deibson Cabral Nascimento, conhecido como “Deisinho” ou “Tatu”.  Os policiais chegaram até ele em virtude das investigações acerca da fuga de Deybson e de  Rogério da Silva Mendonça, da penitenciária federal de Mossoró na madrugada de 14 de fevereiro.

Uma vez que há várias forças de segurança envolvidas nas buscas, com trocas de informações, foi possível localizar o preso nesta manhã. Ele é irmão de um dos foragidos.

FICCO/AC é composta por Polícia Civil/AC, Polícia Federal, Polícia Militar/AC e Polícia Rodoviária Federal.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário