22 MAI 2024 | ATUALIZADO 23:42
ESTADO
17/04/2024 18:20
Atualizado
17/04/2024 18:21

Deputados aprovam PL que cria o auxílio-fardamento para a polícia civil do RN

A+   A-  
A matéria, de autoria do Governo do Estado, foi aprovada nesta quarta-feira (17), com apoio unânime dos deputados estaduais presentes na sessão. O texto segue agora para sanção da governadora Fátima Bezerra. De acordo com a proposta, o benefício aos servidores será pago em 5 parcelas de R$ 300, já iniciando em 2024.
Imagem 1 -  Deputados aprovam PL que cria o auxílio-fardamento para a polícia civil do RN. A matéria, de autoria do Governo do Estado, foi aprovada nesta quarta-feira (17), com apoio unânime dos deputados estaduais presentes na sessão. O texto segue agora para sanção da governadora Fátima Bezerra. De acordo com a proposta, o benefício aos servidores será pago em 5 parcelas de R$ 300, já iniciando em 2024.
Deputados aprovam PL que cria o auxílio-fardamento para a polícia civil do RN. A matéria, de autoria do Governo do Estado, foi aprovada nesta quarta-feira (17), com apoio unânime dos deputados estaduais presentes na sessão. O texto segue agora para sanção da governadora Fátima Bezerra. De acordo com a proposta, o benefício aos servidores será pago em 5 parcelas de R$ 300, já iniciando em 2024.

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou nesta quarta-feira (17) o Projeto de Lei que cria o auxílio-fardamento para os integrantes da Polícia Civil no Estado.

A matéria, de autoria do Governo do Estado, teve apoio unânime dos deputados estaduais presentes na sessão, e segue para sanção da governadora Fátima Bezerra (PT).

O relatório da proposta foi do deputado estadual Coronel Azevedo (PL). O parlamentar revelou que o benefício aos servidores será pago em 5 parcelas de R$ 300, já iniciando em 2024. Coronel Azevedo parabenizou a categoria e destacou que o projeto foi formulado "com a finalidade de manter paridade e alinhamento de benefícios entre carreiras da segurança pública".

Para o deputado Adjuto Dias (MDB), "o policial civil trabalha com carga horária exaustiva, sem efetivo adequado para o cumprimento de seus deveres, o que gera carga emocional e peso muito grande". Para o parlamentar, "todo e qualquer benefício para os policiais é importante e deve ser louvado".

Líder do Governo, o deputado Francisco do PT ressaltou que esta "é uma conquista da categoria, que se mobilizou, isso é histórico. Quero destacar o papel que foi desempenhado por esta Casa, pelos representantes dos policiais e o Governo para que chegássemos a esse momento".


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário