17 JUN 2024 | ATUALIZADO 14:29
ESTADO
21/05/2024 14:25
Atualizado
21/05/2024 14:25

Desvio na BR-304 está operando em sistema de “Pare e Siga” até finalização total da obra

A+   A-  
O trecho, localizado no município de Lajes, foi liberado para tráfego no final da tarde desta segunda-feira (20). Quanto à construção da nova ponte, o Dnit informou que o anteprojeto já foi aprovado e que o certame licitatório emergencial já conta com empresa ganhadora, seguindo os trâmites previstos em lei para a contratação. A autarquia não informou prazo para conclusão das obras, do desvio ou da nova ponte.
Imagem 1 -  Desvio na BR-304 está operando em sistema de “Pare e Siga” até finalização total da obra. O trecho, localizado no município de Lajes, foi liberado para tráfego no final da tarde desta segunda-feira (20). Quanto à construção da nova ponte, o Dnit informou que o anteprojeto já foi aprovado e que o certame licitatório emergencial já conta com empresa ganhadora, seguindo os trâmites previstos em lei para a contratação. A autarquia não informou prazo para conclusão das obras, do desvio ou da nova ponte.
Desvio na BR-304 está operando em sistema de “Pare e Siga” até finalização total da obra. O trecho, localizado no município de Lajes, foi liberado para tráfego no final da tarde desta segunda-feira (20). Quanto à construção da nova ponte, o Dnit informou que o anteprojeto já foi aprovado e que o certame licitatório emergencial já conta com empresa ganhadora, seguindo os trâmites previstos em lei para a contratação. A autarquia não informou prazo para conclusão das obras, do desvio ou da nova ponte.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que com o avanço dos serviços de implantação do desvio paralelo à BR-304/RN, em Lajes, liberou o trecho ao tráfego. A liberação aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (20).

Por enquanto, ainda segundo o Dnit, o desvio vai operar em sistema de PARE e SIGA até que os 100 metros finais sejam pavimentados e sinalizados.

Com 500 metros de extensão, 10,5 metros de largura e uma camada sete centímetros de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), a pista foi construída após o colapso de uma ponte cuja estrutura foi rompida em decorrência das fortes chuvas que atingiram a região no final de março.

Quanto à construção da nova ponte, o Dnit informou que o anteprojeto já foi aprovado e que o certame licitatório emergencial já conta com empresa ganhadora, seguindo os trâmites previstos em lei para a contratação.

A autarquia não informou, no entanto, um prazo para conclusão das obras, do desvio ou da nova ponte.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário