24 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:32
ECONOMIA
Da redação
28/01/2016 13:02
Atualizado
13/12/2018 19:45

Arroz e feijão ficarão mais caros para o consumidor em fevereiro

A+   A-  
Sob influência de fortes mudanças climáticas nos últimos meses, a produção dos grãos foi afetada e o resultado será a menor oferta dos produtos.
Imagem 1 -  Arroz e feijão ficarão mais caros para o consumidor em fevereiro

A popular combinação do arroz com o feijão ficará mais cara para o consumidor em meados de fevereiro.

Sob influência de fortes mudanças climáticas nos últimos meses, a produção dos grãos foi afetada e o resultado será a menor oferta dos produtos nas prateleiras.

O caso do feijão-carioca, avaliam especialistas do setor, deverá trazer o maior impacto no bolso, visto que o preço do quilo poderá atingir até R$ 10.

O presidente do Ibrafe (instituto do feijão), Marcelo Eduardo Lüders, afirma que sempre que um produto sobe muito na prateleira, em apenas 60 dias, é porque ele já está em falta.

"A situação é crítica, talvez como nunca antes na história. Em outras crises, nós tínhamos o argumento de que a alternativa era a lentilha. Mas ela é importada e o dólar passa os R$ 4."

A tendência, então, é o consumidor seguir comprando feijão, o que deixará o produto ainda mais caro.

Com informações: Agora SP

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário