24 SET 2020 | ATUALIZADO 18:36
POLÍCIA
Da redação
28/02/2015 20:34
Atualizado
13/12/2018 10:27

Agricultora tenta defender a irmã, e termina morta com tiro de doze

A+   A-  
O alvo era Célia Pereira Galdino, de 31 anos, de quem o suspeito teria se separado, recentemente
Imagem 1 -  Agricultora tenta defender a irmã, e termina morta com tiro de doze
Josemário Alves / Arquivo

Uma discussão entre uma casal recém-separado, resultou na morte de uma mulher na tarde de sábado (28) no Sítio Ribeiro, zona rural de Serrinha dos Pintos.

Sandra Pereira da Conceição, de 42 anos, tentava defender a irmã quando foi alvejada por um tiro de espingarda calibre 12.

O alvo era Célia Pereira Galdino, de 31 anos, de quem o suspeito teria se separado, recentemente.

Segundo o soldado Messias, integrante do destacamento de Polícia Militar local, o autor do disparo, identificado como Aldivan Frutuoso da Silva, de 23 anos, fugiu a pé pelo matagal e está sendo procurado pela polícia.

Aldivan, que fugiu levando a espingarda calibre 12, não aceitava a separação.

Ainda de acordo com Messias, ambos os envolvidos não possuem registros de passagem pela polícia ou envolvimento com materiais ilícitos.

O crime foi classificado pela Polícia Militar local como passional, e será investigado pela Polícia Civil de Umarizal.

Esta foi a primeira morte violenta registrada no município de Serrinha dos Pintos durante o ano de 2015.

Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário