17 JUN 2024 | ATUALIZADO 15:36
POLÍCIA
Da redação
21/04/2015 08:53
Atualizado
14/12/2018 06:39

PM aposentado alvejado por bala envenenada morre no hospital

A+   A-  
Ataque ao policial aconteceu no dia 7 de dezembro de 2014 no Bar Parada Certa, no Grande Alto São Manoel, em Mossoró
Imagem 1 -  PM aposentado alvejado por bala envenenada morre no hospital
Cedida/O Câmera

Alvejado com uma bala envenenada na região lombar no Bar Parada Certa, Grande Alto São Manoel, em Mossoró, no dia 7 de dezembro de 2014, o PM aposentado Ribamar não resistiu ao ferimento do tiro e morreu nesta terça-feira, 21, no Hospital da PM em Natal.

Ribamar, que é da reserva remunerada da PM, estava fazendo o trabalho de segurança privada no Bar Parada Certa, junto com Vinícius Diniz de Lima, de 19 anos. Teve uma briga e os dois conseguiram apartar e segurar um dos brigões. Entretanto, um saiu correndo.

Este sujeito, ainda não identificado, retornou numa moto e abriu fogo no PM aposentado e no segurança Vinícius Diniz. A bala perfurou a região lombar do Cabo Ribamar e os braços do vigilante Vinícius Diniz. A princípio, os dois foram socorridos pelo SAMU aparentando não correr risco de morte, porém um detalhe observado nas balas mudou a história.

“As balas eram batizadas”, informou um PM amigo do Ribamar. Isto quer dizer que a bala estava com veneno, o que contribuiu para que o policial terminasse por morrer, mesmo o tiro não tendo alvejado ele num local mortal.  Vinícius Diniz sobreviveu.

O caso deverá passar a ser investigado agora pela Delegacia de Homicídios de Mossoró como homicídio e não mais como tentativa.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário