13 ABR 2024 | ATUALIZADO 13:43
Retratos do Oeste
07/03/2015 06:16
Atualizado
13/12/2018 01:22

Ricardo de Dodoca diz que Lucélio ainda não fechou com bancada governista

A+   A-  
Presidente Municipal do PTB afirma que a oposição na Câmara Municipal tem seis nomes, e não cinco.
Imagem 1 -  Ricardo de Dodoca diz que Lucélio ainda não fechou com bancada governista
Walmir Alve

"Não tenho nada a dizer". Essa foi a declaração do Vereador e Presidente do PTB em Mossoró, Ricardo de Dodoca, falando sobre a possibilidade do co-partidário Lucélio Guilherme seguir o posicionamento do patido e compor a bancada governista na Câmara Municipal de Mossoró. A fala foi no programa Cenário Político, da TV Cabo Mossoró, desta sexta-feira (06).

Ricardo continuou e explicou que toda a bancada de apoio ao prefeito chegou a procurar o vereador em outros momentos, mas ele sempre foi resistente. Questionado sobre qual o posicionamento do partido a respeito da mudança, ele disse que se ele vem, "vem tarde".

2016

Se não conseguir a simpatia dos vereadores governistas e mudar de lado, pode ficar complicada a situação de Lucélio Guilherme para se reeleger em 2016. O vereador é novato e precisa de estrutura para viabilizar a campanha.

Renato Fernandes

Falando em PTB, o presidente municipal da sigla, Ricardo de Dodoca, quando provocado no Cenário Político da TCM, afirmou que será muito bem vindo o novo presidente da Previ Mossoró, Renato Fernandes, no PTB.

R$ 5 bilhões


Um Convênio de Cooperação Técnica foi firmado entre o Governo do Estado e o Ministério Público Estadual para combater a sonegação fiscal no RN. Copiando modelo de Minas Gerais, Robinson Faria cria o Comitê de Arreacadação de Ativos Tributários. A dívida do RN advinda do não-pagamento de impostos pela população é de cerca de R$ 5 bilhões de reais.

Lava Jato no RN

A tão aguardada lista da Operação Lava Jato saiu. Nenhum nome do RN será investigado. O ex-deputado Henrique Eduardo Alves teve processo arquivado pelo Ministério Público Federal. Então tá.

Justiça seja feita

As investigações da Operação Lava Jato já foram autorizadas pelo STF. O inquérito será aberto para investigar 47 políticos, de cinco partidos. O PP terá quase metade de sua bancada investigada, seguido do PMDB, com sete, PT, seis, PSDB e PTB, com um cada um. Os envolvidos no mensalão estão entre os investigados.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário